Paranatinga, 08 de Maio de 2021

Saúde

Mauro Carvalho diz que falta experiência a Emanuelzinho e que Prefeitura é responsável por vacinação

Publicado 09/04/2021 07:49:55


Depois de o deputado federal Emanuelzinho (PTB) ter feito um vídeo criticando o Governo do Estado por causa da confusão das vacinas da segurança pública, o secretário chefe da Casa Civil Mauro Carvalho rebateu, afirmando que falta ao parlamentar experiência para entender que a responsabilidade é da Prefeitura. Carvalho aproveitou para fazer uma série de apontamentos sobre a gestão do prefeito Emanuel Pinheiro.

 


 
“Deputado, acho que pela sua pouca idade está lhe faltando um pouco de experiência. A responsabilidade de todas as vacinas no Brasil são dos municípios. Quem vacina H1N1, vacina gripo, coqueluche, febre amarela, são os municípios. O Estado não vacina. O Estado apenas recebe as vacinas e distribui para os municípios. E é o que a gente tem feito com muita competência. Bem diferente da prefeitura de Cuiabá que hoje, só na primeira dose, tem 19 mil vacinas guardadas”, disparou o secretário.
 
Mauro Carvalho lembrou de outros momentos em que o Estado assumiu, segundo ele, responsabilidades da Prefeitura, como a Santa Casa e a criação do Centro de Triagem. “O Centro de Triagem só foi feito porque as UPAs, as policlínicas, não estavam dando conta de fazer teste, não estava dando conta de atender as pessoas. Tudo isso a gente fez para dar apoio, e hoje com relação às forças de segurança, mais uma vez a responsabilidade é de vocês, porque tudo estava acordado”, declarou.
 
Segundo o secretário, a Prefeitura de Cuiabá abriu seu site para que os profissionais da segurança pública se cadastrassem, e tinha a obrigação de retirar as vacinas do Centro de Distribuição. “Quem deveria estar vacinando as forças de segurança são vocês do município de Cuiabá, o Estado estava apenas dando apoio, como nós fazemos em outras oportunidades também. Porque como vocês até hoje estão com um ou dois centros de vacinação e só estão ampliando por uma iniciativa do governo do Estado que fez uma notificação do Tribunal de Justiça, que propusemos uma conciliação para que aumentasse o número de locais de vacinação. Cidades iguais a Campo Grande, que é muito parecido com Cuiabá, tem 61 locais. Vocês tinham um, numa total aglomeração”, criticou.
 
Em resposta à fala de Emanuelzinho de que nos “bastidores do Congresso Nacional” falam que a gestão de Mauro Mendes é incompetente, Mauro Carvalho disse que nem iria “falar sobre os bastidores que a gente escuta em todos os cantos de Cuiabá da gestão Emanuel Pinheiro à frente da Prefeitura. Não vou entrar nesse mérito porque não é por aí que vamos resolver ou salvar vidas. E o que foi feito hoje foi um total desrespeito ao salvar vidas. Mais uma vez vocês não assumem a responsabilidade e o erro da gestão”.

 


 
“A própria secretaria Ozenira, inúmeras vezes, falou para o secretario Gilberto Figueiredo que só iria fazer essa transferência das vacinas após autorização do prefeito Emanuel, que não havia dado a ela. Hoje o secretario Bustamante ligou inúmeras vezes para o prefeito Emanuel. Deputados estaduais ligaram, e ele não atendeu ninguém. Ou seja, ele não pode se dispor de dez segundos do seu tempo para atender as pessoas que protegem nossas famílias, os cuiabanos queridos que são as forças de segurança. Lamentável e com muita tristeza eu respondo esse vídeo. Não é isso que Deus espera de nós e o senhor tem um ensinamento religioso muito grande. O que Deus espera de nós, Emanuelzinho, é que a gente beneficie o próximo, que a gente dê atenção ao próximo, e é isso que nós esperamos da Prefeitura de Cuiabá e do senhor como deputado federal”, finalizou o secretário.

 

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE