Paranatinga, 08 de Maio de 2021

Saúde

Deputado: Hospitais particulares estão estrangulados; situação é pior que no SUS

Publicado 19/04/2021 12:10:22


Há uma crise nacional de desabastecimento de kits de intubação, segundo o deputado estadual Paulo Araújo (PP), que é membro da Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da Assembleia Legislativa. Segundo o parlamentar, há uma grande dificuldade de aquisição dos materiais e que a situação dos hospitais particulares é ainda pior. 

A situação é pior na iniciativa privada, que está estrangulada. Eles têm tido mais dificuldade para comprar os kits. O Poder Público conseguiu se organizar e está abastecido. O Governo do Estado fez uma compra antecipada muito grande no final do ano, o que garantiu por um bom período os kits para as unidades hospitalares públicas”, explicou.

Apesar do contratempo em nível nacional, o parlamentar relata que o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, confirmou que tem quantidades significativas de kits intubação.

Ele aponta que o desabastecimento de kits de intubação no Brasil foi repassado ao Ministério da Saúde, por meio do Conselho de Secretários Estaduais de Saúde (CONASS). Como resposta, o Ministério afirmou que chega nesta semana cerca de 2,5 milhões de novos kis de intubação comprados da China. Os insumos serão repassados para os Estados.

Hoje no Brasil há falta de kits, não por não haver recursos para compra, mas sim por não haver insumos no país para a produção dos materiais. As empresas brasileiras não conseguem produzir de acordo com a demanda, até porque lideramos os casos de pacientes de covid intubados no mundo. Somos, o país que mais usa esses kits”, pontuou.

Figueiredo destaca que não soube de nenhum caso de morte pelo vírus em razão de não ter o kit para intubação no Estado. Mas que soube de casos de hospitais em outros estados que reduziram atendimentos ou fecharam alas por falta de kits para uso nos pacientes.

Atualmente, a taxa de ocupação nos hospitais mato-grossenses, conforme boletim epidemiológico da SES, é de 1.047 pacientes internados em enfermarias e 801 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), com 97,73% de ocupação dos leitos adultos. A fila de espera por leitos de UTIs chega a 49 pacientes.

 

 

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE