Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Paranatinga, 22 de Setembro de 2021

Política

Não vejo como inviabilizar obra; MT está pronto para briga

Publicado 26/07/2021 11:36:08


MIDIA NEWS 

 

A deputada estadual Janaina Riva (MDB) afirmou que a vinda de uma comitiva de ativistas e políticos internacionais ao Brasil não deve ter força para inviabilizar a construção da Ferrogrão, ferrovia que pretende ligar o Mato Grosso.

 

Os ativistas, ligados à Internacional Progressista, virão ao Brasil no dia 15 de agosto para pressionar o Governo Federal contra a construção da ferrovia. 

 

“Não acredito que eles vão inviabilizar. O Estado está muito determinado na construção das ferrovias. Eu acho que o Estado está pronto para comprar essa briga”, afirmou.

 

O projeto da ferrovia é objeto de uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF), e enfrenta questionamentos de órgão de controle, como o Tribunal de Contas da União (TCU), e é alvo de críticas de ONGs e representantes do Ministério Público, que apontam risco de dano à Amazônia.

PUBLICIDADE

 

 

Com cerca de mil quilômetros de extensão, a obra é considerada estratégica pelo setor do agronegócio, uma vez que ligaria Sinop (MT), um dos polos produtores de soja no Brasil, ao porto de Miritituba (PA), ajudando no escoamento da produção, principalmente soja e milho.

 

 

O Estado está muito determinado na construção das ferrovias. Eu acho que o Estado está pronto para comprar essa briga

Janaina afirmou que não acredita que em Mato Grosso haja “irresponsabilidade ambiental”.

 

“É o Estado que mais planta no mundo. Temos que fazer uma defesa do que é nosso. Eu não vejo em Mato Grosso nenhuma irresponsabilidade ambiental, pelo contrário nós somos um dos estados que mais se preserva”, afirmou. 

 

“A própria economia de extrativismo, desde a madeira, a soja e a pecuária, todos elas tem um cuidado ambiental muito grande. Tanto é que ninguém tem tanta floresta em pé percentualmente àquilo que produz. Isso demonstra que existe uma preocupação ambiental grande no Estado. Não vejo como inviabilizar uma obra como essa”, completou.

 

Defesa em Brasília

 

Apesar da concessão da ferrovia ser de competência da União, políticos e produtores rurais do Estado estão pressionando o Governo Federal para que a obra saia do papel.

 

Um encontro entre a bancada federal de Mato Grosso, o governador Mauro Mendes (DEM) e com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para tratar especialmente do tema está agendada para a semana que vem em Brasília. 

 

Entre no grupo do Paranatinga News no WhatsApp e receba noticias em tempo real. CLIQUE AQUI

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE