Paranatinga, 08 de Maio de 2021

Política

Mauro entrega primeiros cartões do Ser Família Emergencial’ e credita programa a ‘reequilíbrio fiscal

Publicado 29/04/2021 14:28:45


O governador Mauro Mendes (DEM) e a primeira-dama Virgínia Mendes entregaram, na manhã desta quinta-feira (29), os primeiros cartões do projeto ‘Ser Família Emergencial’, a famílias de Cuiabá. O programa dará R$ 150 por mês durante três meses a famílias em situação de vulnerabilidade social cadastradas no CadÚnico. Segundo o governador, o projeto só foi possível por conta do reequilíbrio fiscal alcançado em Mato Grosso.



“Fico muito feliz de ter conseguido construir o reequilíbrio fiscal no estado de Mato Grosso, e hoje ele consegue exercer seu papel (...) principalmente, neste momento, na área da assistência social, que é o mínimo que podemos garantir para essa parcela da população”, comemorou o governador.

 

  

 



O benefício emergencial terá duração de três meses e alcançará mais de 100 mil famílias em todo o Estado. A iniciativa do Governo de Mato Grosso, realizada pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), vai atender famílias em extrema pobreza, que passam dificuldades por conta da pandemia da Covid-19. 

Mauro explicou que após a entrega dos cartões às cem mil famílias dos 141 municípios, eles serão abastecidos com os primeiros R$ 150 no próximo dia 8 de maio. O investimento do Estado nestes três meses será de R$ 45 milhões. “Mas se for necessário temos condições de manter por alguns meses esse programa”, garantiu o governador.

O valor recebido pelas famílias poderá ser gasto unicamente na compra de alimentos nos estabelecimentos

O valor recebido pelas famílias poderá ser gasto unicamente na compra de alimentos nos estabelecimentos cadastrados.

 cadastrados. Temos mais de 500 estabelecimentos que vendem alimentos exclusivamente, nos 141 municípios, então vamos injetar nos bairros, nos pequenos municípios, recursos no comércio local, que é algo também muito importante”, explicou Mauro. Os estabelecimentos são cadastrados pela própria Secretaria.
O governador ainda citou outros programas da Setasc, como o ‘Ser Família’ tradicional, que atende vinte mil famílias de forma continuada, e a entrega de cestas básicas. Somente em 2021 há a previsão de entrega de 534 mil cestas.

“Algumas pessoas podem achar que [R$ 150] é pouco, mas uma cesta básica que quatro pessoas de uma família comem, o governo está pagando R$ 89, então é um valor que o Governo fez porque aumentou o número de famílias. E R$ 150 para uma família de baixa renda é uma ajuda que consegue fazer com que eles ultrapassem esse momento de dificuldade que estão vivendo”, finalizou Mauro.

 

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE