Paranatinga, 31 de Julho de 2021

Política

Dilmar Dal Bosco e Pedro Satélite são alvos de operação do Gaeco; mandado de prisão contra empresário Eder Pinheiro

Publicado 14/05/2021 13:54:07


O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), em conjunto com o Núcleo de Ações de Competência Originárias (Naco), deflagrou na manhã desta sexta-feira (14), a terceira fase da “Operação Rota Final”, que busca apurar  crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e fraude a licitação do setor de Transporte Coletivo Rodoviário Intermunicipal de Passageiros de Mato Grosso (STCRIP-MT), promovida pela Secretaria de Infraestrutura do Estado de Mato Grosso e  Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (AGER-MT) .  

Os alvos são o deputado estadual Dilmar Dal'Bosco, o suplente e ex-deputado Pedro Satélite e uma assessora parlamentar. Os agentes policiais também devem cumprir ordem de prisão preventiva contra empresário Eder Pinheiro, da Verde Transportes, que seria o líder da organização criminosa e, também, impor o uso de tornozeleira eletrônica no representante do Sindicato dos Empresários do Setor de Transporte Intermunicipal de Passageiros (SETROMAT), que, por sua vez, está proibido de se ausentar do Estado de Mato Grosso, frequentar alguns órgãos públicos e manter contato com outros investigados.   

Segundo informação do advogado Ricardo Monteiro, que faz a defesa de Eder Pinheiro, o mandado ainda não foi cumprido pois o empresário está viajando para um local não informado. Apesar disso, assegurou que ele irá se apresentar na delegacia ainda hoje. 

Olhar Direto apurou que a casa do deputado estadual Dilmar Dal'Bosco, em Sinop, é alvo de um dos mandados de buscas. Ele não se encontra no local, já que estaria em viagem com o governador Mauro Mendes pelo interior do Estado.

A assessoria de imprensa do deputado informou que ainda aguarda o setor jurídico para dar um posicionamento sobre o caso. Isso porque, até o momento, não teria sido informada do que se trata a operação.

Além disto, a residência do ex-deputado Pedro Satélite, localizada no condomínio de luxo Belvedere, também está sofrendo devassa por parte dos agentes do Gaeco e Naco. 

Está sendo cumprida, ainda, ordem de sequestro judicial de bens dos investigados até o montante de R$ 86 milhões de reais, abrangendo vários imóveis, duas aeronaves (aviões), vários veículos de luxo, bloqueio de contas bancárias e outros bens necessários ao ressarcimento do prejuízo acarretado pela prática dos crimes. 

A investigação, iniciada na Polícia Judiciária Civil do Estado de Mato Grosso, foi encaminhada, com autorização do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso (TJMT), ao GAECO-MT em meados de 2019, onde foi concluída pelas autoridades policiais do Grupo Especializado, com supervisão do NACO Criminal.

 


 
O Inquérito policial possui 47 volumes de elementos de informações. Mais de 20 pessoas são investigadas, dentre eles alguns empresários e dois parlamentares estaduais.  

A participação do Naco na ação evidencia o envolvimento de pessoas que possuem foro privilegiado, sendo assim, é bastante provável que entre os investigados estejam políticos. 

 

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE