Paranatinga, 31 de Julho de 2021

Política

Bezerra critica Bolsonaro e diz que MDB nacional quer 3ª via

Publicado 19/05/2021 13:08:34


Presidente do MDB Mato Grosso, o deputado federal licenciado Carlos Bezerra afirmou que a sigla deve procurar um nome que represente uma terceira via para apoiar na eleição presidencial de 2022. 

 

A tendência do partido é de não apoiar a possível candidatura o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) – com quem já foi aliado - e nem a candidatura do presidente Jair Bolsonaro (Sem partido).

 

Segundo Bezerra, a definição e um possível nome estão a cargo da Executiva Nacional do partido liderado pelo deputado federal Baleia Rossi.

 

“Dificilmente apoiaremos o Bolsonaro, o que queremos uma terceira via”, disse ao MidiaNews ao ser questionado sobre o apoio ao presidente.

 

“Nós teremos que definir daqui para o ano que vem. É o que estamos contanto. Não tenho nome, mas a direção nacional do partido está trabalhando isso”, emendou.

 

 

Essa política da truculência, acirramento das coisas, não é uma política adequada. O homem público tem que ter um pouco de ponderação

O MDB atualmente compõe a base do Governo Bolsonaro no Congresso Nacional. Apesar disso, Bezerra é crítico ferrenho da política bolsonarista.

 

“Bolsonaro tem falhado. A inflação disparou. Essa política da truculência, acirramento das coisas, não é uma política adequada. O homem público tem que ter um pouco de ponderação. Não radicalizar as coisas, e sim apaziguar”, criticou Bezerra.

 

Fator Lula

 

Bezerra, no entanto, evitou tecer críticas contra o ex-presidente Lula. Segundo o emedebista, a crise política, social e sanitária intensificada pelas políticas de Bolsonaro fortalece a candidatura do petista.

 

“Ele hoje está disparado. A medida que a crise se aprofunda, ele vai se fortalecer mais. A inflação aumentando, milhões e milhões  passando fome, sem condições de comprar um quilo de arroz, um litro de leite”, disse. 

 

“Isso tudo termina favorecendo o Lula que é conhecido por fazer política social. Fez no Governo dele uma política social. E a pobreza tem uma opção muito grande por ele”, emendou.

 

Questionado sobre a possibilidade dos escândalos de corrupção e até delações premiadas ocorrida no Governo Lula podem inviabilizar a candidatura, Bezerra minimiza.

 

“Na pesquisa mostra que não. O efeito disso no período eleitoral é mínimo”, disse o emedebista se referindo a pesquisa recente que Lula aparece com maior intenção de voto que o atual presidente.

 

Em abril deste ano, o Supremo Tribunal Federal (STF) anulou as condenações do ex-presidente no âmbito da operação Lava Jato. Assim, Lula retoma todos os seus direitos políticos perdidos pelas decisões anuladas e pode se candidatar nas próximas eleições em 2022.

 

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE