Polícia Civil prende autor de furto de equipamentos avaliados em mais de R$ 20 mil

publicidade

Autor de furto de equipamentos avaliados em mais de R$ 20 mil, foi preso pela Polícia Civil, na sexta-feira (17.11), durante ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Várzea Grande. O suspeito foi autuado em flagrante por furto qualificado.
As diligências iniciaram logo que o médico veterinário procurou a Derf de Várzea Grande para registrar a ocorrência. A vítima informou que estacionou sua camionete Hilux no centro de Várzea Grande, e ao retornar verificou que o veículo havia sido arrombado.
De dentro do veículo foram furtados diversos equipamentos como aparelho de ultrassonografia, caixa de ferramentas, luvas de palpação, botas de borracha, perfumes, conversor de energia, entre outros produtos.
Diante dos fatos os policiais civis passaram a apurar a ocorrência, e identificaram um dos envolvidos no crime, o qual usava roupa de uniforme de uma empresa do ramo de peças de carro e pneus.
Com base nos indícios os investigadores localizaram o suspeito, que ao ser abordado acabou confessando a participação no furto. Em seguida ele foi encaminhado para esclarecimentos.
Na Derf de Várzea Grande o conduzido relatou que cometeu o crime junto com outro comparsa, utilizando um controle remoto para bloquear o sistema de trava e alarme da camionete, mas foi necessário usar uma chave de fenda para arrombar e abrir a porta da Hilux.
O suspeito contou que a dupla queria furtar o veículo, pois o seu comparsa possui um programa em seu tablet que desprograma e recodifica o sistema de ignição de camionetes com outro sistema. Porém como a Hilux possuía sistema de ignição com chave, eles decidiram furtar os itens que estavam no interior do veículo.

Leia Também:  Mulher que fazia contabilidade financeira de facção é presa pela Polícia Civil
Sobre os pertencentes furtados, o suspeito contou que havia deixado com o comparsa, para pagamento de uma dívida entre os dois. O preso alegou também que por trabalhar como mecânico, tendo facilidade com o programa que descodifica e recodifica o sistema de ignição de caminhonetes, modelo Hilux, essa função é valorizada no meio criminoso.
Ao ser interrogado o preso foi autuado em flagrante pelo crime de furto qualificado. Após a confecção dos autos, ele foi apresentado e colocado à disposição da Justiça.
O aparelho de ultrassom foi recuperado pela equipe da Derf de Várzea Grande, horas depois da prisão, nas proximidades da Arena Pantanal, em Cuiabá.

As investigações continuam visando prender o segundo envolvido no furto e recuperar o restante dos objetos furtados.

Fonte: Policia Civil MT – MT

COMENTE ABAIXO:

Compartilhe essa Notícia

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade