Paranatinga, 16 de Maio de 2021

Mato Grosso

Emanuel cita pânico de idosos e registra B.O. contra fake news

Publicado 26/03/2021 13:42:46


O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) registrou um boletim de ocorrência, na tarde desta quinta-feira (25), pedindo a investigação sobre a propagação de uma fake news que gerou sobrecarga no agendamento para a vacinação de idosos contra a Covid.

 

A notícia falsa foi espalhada por meio de aplicativo de mensagem, com um calendário de vacinação, e acarretou em mais de um milhão de acessos em 24h.

 

Por conta da falha, um alto número de idosos e acompanhantes foi até o Centro de Vacinação de Cuiabá, que fica no Centro de Eventos do Pantanal, na manhã de quarta-feira (24). 

 

“Vim pedir a investigação séria, célere para a Polícia Judiciária Civil. Isso foi uma violência, um crime uma tentado a população cuiabana, que vive hoje momentos de instabilidade emocional e psicológica. Uma verdadeira angustia em busca da vacina”, disse Emanuel.

 

"Formalizamos toda essa documentação à delegacia e pedimos providências para que se apure não só a denuncia de fake news, como também o possível ataque de hackers ao sistema", completou.

 

 

Isso foi uma violência, um crime uma tentado a população cuiabana, que vive hoje momentos de instabilidade emocional e psicológica. Uma verdadeira angustia em busca da vacina

Emanuel informou que foram anexados ao boletim de ocorrência matérias jornalísticas veiculas em todo Brasil e os registros do sistema. 

 

Para ele, a propagação da notícia falsa é foi feita por “verdadeiros criminosos” e pede a punição no “rigor da lei”.

 

“Que encontrem os culpados e a lei seja aplicada com rigor, custe o que custar. Para que esses responsáveis, que eu atribuo o título de criminosos, paguem, doa a quem doer. Isso me revoltou e me indignou essa atitude criminosa dessas pessoas que precisam ser identificadas e responsabilizas”, afirmou.

 

O B.O. foi registrado na Delegacia de Repressão a Crimes Informáticos da Polícia  Judiciária Civil e o caso deve ser investigado pelo delegado Ruy Guilherme.

 

Inimigos políticos

 

O prefeito afirmou que não tem suspeitas sobre quem poderia ter espalhado a noticia sobre com calendário fake. Mas não descartou a possibilidade de ser inimigos políticos.

 

“Eu não posso afirmar [se notícias foram espalhadas por inimigos], e seria leviano. Não tenho nenhuma prova da onde partiu. De onde partiu merece todo nosso repúdio e indignação”, disse.

 

“Eles fizeram foi um crime, uma violência, um ataque a honra, a vida a dignidade da população cuiabana que está na ansiedade pela imunização”, completou.

 

 

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE