Paranatinga, 20 de Novembro de 2017

Variedades

William Waack é prejudicado e tem contrato cancelado com palestras pelo país

CACHÊ CHEGA ATÉ R$ 40 MIL | 11/11/2017 00:30:02


TV FOCO

William Waack se deu muito mal com o vazamento do vídeo em que ele se mostra ser racista e preconceituoso com pessoas negras, de 2016. Apesar de algumas pessoas saírem em sua defesa, a grande maioria dos brasileiros está em clima de revolta para com o ex-apresentador do Jornal da Globo.

 

E não foi só na emissora que Waack se queimou e foi afastado. Ele ministrava palestras pelo Brasil, e acabou tendo um contrato rompido no mesmo dia que as imagens caíram na rede. Nesta quinta-feira (9), ele realizaria uma das palestras no Espírito Santo, na Sicoob Credrocha, mas ela foi cancelada.

 

De acordo com a Contraste Palestras, uma das agências que representam Waack, no entanto, o cancelamento se deu por pedido do próprio jornalista e não da empresa, segundo a Folha de S. Paulo. Aparentemente, ele quer evitar exposição e a possível revolta popular, caso apareça em público.

 

No entanto, a Contraste Palestra seguirá representando Waack, bem como a MotiveAção Palestras, para a qual ele trabalhava. De acordo com a página oficial, seu cachê por evento girava em torno de R$ 30 mil a R$ 40 mil, e agora, com esses cancelamentos prévios, ele acaba saindo com prejuízo na história.

 

A agência DMT Palestras, que também trabalhava com o jornalista, tirou o perfil de Waack do ar, mas a empresa alega que o rompimento do vínculo havia acontecido antes do vídeo, e a ATA Palestras continua com o William Waack no catálogo.

 

 

Fonte:

FACEBOOK