Paranatinga, 21 de Maio de 2019

Variedades

SE ENFORCOU

Separação teria motivado suicídio do cantor do Prodigy, diz jornal

Publicado 06/03/2019 14:07:18


DA REVISTA MONET 

O músico Keith Flint (1969-2019) implorou para que a esposa voltasse para casa antes que ele tomasse a decisão de se enforcar. A informação foi revelada por uma fonte próxima ao vocalista do grupo The Prodigy em entrevista ao jornal britânico Daily Mail.

 

De acordo com a publicação, o artista e a esposa, a DJ e modelo japonesa Mayumi Kai, passavam por um momento conturbado do casamento e haviam decidido colocar à venda a mansão na qual os dois viviam e tinham dado início ao processo de divórcio. No entanto, Flint queria que os dois dessem mais uma chance à vida de casal na propriedade.

 

“O Keith sempre acreditou que poderia fazer as coisas darem certo e fez várias ligações para ela, implorando para ela”, disse a fonte ligada ao músico. “Mas ela não mudou de ideia e insistiu que eles vendessem a casa. Isso quebrou o Keith. A Mayumi não tem culpa de nada, mas parece que o Keith não conseguiu seguir adiante sozinho”, explicou o contato. A mansão na qual Flint morava com Kai foi colocada à venda há apenas alguns dias. A mulher de Flint estaria em turnê no Japão durante os acontecimentos.

Ao longo dos últimos anos, Flint deu mais de uma entrevista falando sobre como a esposa foi essencial para que ele pudesse se livrar de vários de seus vícios, principalmente em álcool e drogas. "Eu era viciado em cocaína, maconha e também bebia muito, isso me fazia recluso, chato e egoísta", disse em uma enrevista há alguns anos à imprensa inglesa, noticia o jornal britânico Daily Express.

 

Keith Pety e Mayumi se conheceram em uma festa em 2006. Em 2009, ao falar sobre o instante em que se apaixonou pela esposa, o músico declarou: "Estávamos em turnê e ela entrou nessa sala em que estávamos e, você sabe como é, eu fiquei sem palavras, completamente sem reação".

 

Keith Flint foi encontrado sem vida na casa dele na última segunda-feira, na mansão localizada na cidade de Dunmow, no Reino Unido. Ele tinha 49 anos. Nos anos 90, junto com o Prodigy, ele foi um dos nomes mais importantes da música eletrônica da época. "Nosso irmão Keith tirou a própria vida nesse final de semana. Estou além de chocado, estou com muita raiva, confuso e de coração partido", declarou Liam Howlett no perfil oficial do Prodigy. "Descanse em paz, irmão", concluiu.

 

Nos últimos anos, Keith Flint deu uma série de declarações sobre suícidio. "Quando eu estiver cansado, vou me matar", afirmou há quatro anos em uma entrevista a FHM Magazine em 2015. "Juro por Deus que não encaro como uma coisa tão horrível - é uma coisa positiva. O momento em que eu passar a defecar na cama é quando você vai me ver indo de encontro a um ônibus."

 

Ontem foi noticiado que apenas 48 horas antes da trágica morte Flint, o músico participou de uma mini-maratona de 5 km na sua comunidade na Inglaterra, com as fotos sendo divulgadas pela organização nas redes sociais. Flint teria feito um tempo muito acima da média para corredores amadores - concluiu a Chelmsford Park Run em 21 minutos e 22 segundos - a média é de mais de 25 minutos.

 

 

Publicidade Áudio

Enquete

Você acredita que governo de MT retomará obras de asfalto da MT 130 em 2019 atá a Sete Placas?

SIM

NÃO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE