Paranatinga, 18 de Agosto de 2019

Variedades

NA ESPANHA

Ex-modelo famosa nos anos 80 vira moradora de rua

Publicado 06/02/2019 13:07:20


DA QUEM 

Modelo de sucesso na década de 1980, a espanhola Nastasia Urbano, de 57 anos, chegou a ganhar US$ 1 milhão (R$ 3,6 milhões) no auge da fama, mas hoje passa necessidades financeiras e vive nas ruas de Barcelona. Sem dinheiro para o aluguel e sofrendo de depressão, ela dorme em agências bancárias e, quando consegue, em casas de amigos, segundo o jornal inglês Daily Mail.

 

Descoberta aos 20 anos, Nastasia começou a carreira na Espanha, e logo engrenou na profissão virando capa de revistas de moda como a Vogue e estrelando campanhas para marcas como Revlon e Yves Saint Laurent - ela foi o rosto do icônico perfume Opium. "Eu fiz todas as revistas, era amada por todo mundo. Me pagavam 1 milhão de dólaresnpor 20 dias de trabalho, durante três ou quatro anos", contou ela, que viveu uma vida ainda mais glamourosa quando se mudou para Nova York.

 

"Um dia eu estava jantando com Jack Nicholson, no outro Andy Warhol ou até Roman Polanski. Eu ia a festas que tinham Melanie Griffith, Don Johnson, e (a dupla) Simon e Garfunkel", lembrou Nastasia sobre as altas rodas que frequentava. "Eu quase fui no casamento de Madonna com Sean Penn porque o ator David Keith me convidou e eu era namorada dele. Mas no dia acordamos de ressaca e não conseguimos nos levantar. Eu tinha tudo, eu vivia como uma rainha", afirmou ela, que em seu Facebook mantém fotos dos tempos de sucesso, como uma campanha com Stephen Baldwin, o ator pai de Hailey Baldwin,  noiva de Justin Bieber.

 

A sorte da modelo mudou, segundo ela, quando conheceu o ex-marido e pai de seus filhos. Ao Daily Mail Nastasia contou que financiava o estilo de vida do ex e que ele a deixou apenas com as roupas do corpo. "Ele pagava por tudo com o meu dinheiro. Com dois dias que a gente se conhecia ele queria que eu comprasse uma BMW e eu, feito uma idiota, assinei um cheque. Eu estava apaixonada", confessou ela. "A única coisa boa desse relacionamento foram meus filhos, o resto era horrível", disse a ex-modelo.

 

Despejada de uma série de casas porque não podia pagar o aluguel, Nastasia explicou à publicação, que alterna entre dormir no sofás de amigos e em agências bancárias que têm caixas eletrônicos funcionando à noite. "Eu quero viver, não apenas sobreviver. Estou cansada de apenas sobreviver e ficar pedindo dinheiro. As pessoas à minha volta vão embora, todo mundo vai embora e não estou supresa", disse ela. "Quero que meus filhos me vejam bem. Quero me recuperar como uma pessoa e ficar ok para que eles possam se orgulhar de mim", desabafou ela.

 

Depois que a situação de Nastasia veio à tona, um grupo de ex-colegas de profissão decidiu se unir para ajudá-la a dar a volta por cima. Hernando Herrera, um ex-modelo que tem uma escola de manequins, afirmou que Nastasia tem muito a oferecer ao mundo da moda. "Ela pode não só trabalhar como modelo ainda, como fazer conferências, palestras e outras atividades", explicou.

 

Outros conhecidos de Nastasia também organizaram uma campanha online, visando arrecadar 6 mil euros (R$ 25 mil) para ela recomeçar a vida. A situação de Nastasia ainda fez com que outras modelos de sua época iniciassem um movimento visando à formação de uma rede apoio para a aposentadoria da carreira.

 

 

Publicidade Áudio

Enquete

Você aprova ou não? Vereadores de MT tentam mudar nome de Portão do Inferno para Portal Paraíso

SIM

NÃO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE