Paranatinga, 16 de Dezembro de 2018

Variedades

BBB18

Ana Paula relata ataques após 'BBB 18': 'Não saio de casa sozinha'

Publicado 25/03/2018 17:09:07


EXTRA

Eliminada há 37 dias do "BBB 18", a bruxinha Ana Paula Costa falou com o EXTRA dos efeitos da rejeição. Ela, que deixou o programa com 89,85% dos votos em um paredão triplo, admitiu que passou por uma fase difícil por causa das inúmeras críticas que recebeu nas redes sociais.

 

A catarinense, de 23 anos, diz que ficou com medo de apanhar nas ruas e até foi ameaçada.

 

"Recebi ameaça do tipo: 'quero que você morra' e 'se eu te encontrar, vou te bater'. Fiquei com medo e até hoje não saio na rua sozinha. Pessoalmente, ninguém nunca me hostilizou, mas a gente não sabe, né?", lamenta: "Tive que aprender a lidar com isso. É difícil, ninguém gosta de ser odiado".

 

Ana Paula foi criticada por formar um trio (apelidado pela produção do programa como Trio Mandinga) com os participantes Diego e Patrícia, e combinar votos para colocar os adversários no paredão. Ela não fazia ideia que o seu comportamento estava desagradando o público, nem que seria apontada como uma das vilãs da edição.

 

 

"Demorei algumas semanas para entender e refletir o que tinha acontecido. Dentro da casa a gente não sabe que o que estamos fazendo é errado, nem o que o público está pensando. Foi bem difícil, as críticas foram bem pesadas. Foram no meu perfil (em uma rede social) me ofender, dizer que eu sou uma pessoa horrível, me chamar de lixo. Chorei bastante. Sou forte, não vou deixar isso me abater", diz ela que, apesar de tudo, não se arrepende da sua postura no programa. "Só quis me proteger. Não sabia que pessoas que combinavam votos seriam tão ultrajadas como a gente foi".

 

'Estou tendo que reconstituir a minha imagem'

 

Com o jogo seguindo e novos eliminados surgindo, Ana Paula está tendo a oportunidade de reconstruir sua imagem e cativar o público através das redes sociais.

 

"As pessoas que me viram só na edição do programa não gostam de mim. Meus fãs são os que assistiram em tempo real e viram que era muito brincalhona e alegre".

 

A imagem negativa também tem dificultado a ex-BBB a conseguir trabalhos.

 

"Infelizmente, com essa imagem, estou tendo um pouco de dificuldade por as pessoas me associarem por esse tipo de imagem. Eu falo: 'gente, me dá uma oportunidade, conversem comigo, me sigam nas redes sociais para ver que eu não sou nada daquilo.... Estou tendo que reconstruir a minha imagem. Até tenho oferta de trabalho, mas poderia estar trabalhando muito mais, se eu não tivesse com essa imagem negativa. As feridas que o 'BBB' abrem demoram para fechar", avalia.

 

 

Fonte:

Publicidade Áudio

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE