Paranatinga, 15 de Outubro de 2018

Variedades

Adolescente desenvolve doença rara e perigosa após malhar

PODE LEVAR A MORTE | 07/06/2018 12:27:59


Um adolescente de 17 anos de idade passou cinco dias no hospital por causa de uma doença rara e perigosa após pegar muito pesado na academia. Jared Shamburger revelou que se sentiu muito dolorido após uma sessão de 90 minutos de levantamento de pesos. O jovem não estava apenas com dores, mas seu corpo também estava inchando — e os sintomas não davam sinais de melhora.

Após pesquisar os sintomas no Google, a mãe de Jared resolveu levá-lo ao hospital, onde o adolescente foi diagnosticado com rabdomiólise, uma doença rara causada pela danificação dos músculos. “Rabdomiólise é uma condição que acontece quando você tem a ruptura dos músculos e as proteínas relacionadas a essa quebra que chegam ao seu sangue podem causar um severo dano aos rins“, explicou a médica Martha Pyron ao BuzzFeed. A doença pode levar à falha dos rins e até à morte. Jared, no entanto, se recuperou após passar cinco dias no hospital.

A rabdomiólise pode acontecer com pessoas que passaram um longo período em repouso, como pacientes de mais idade que estão se recuperando de uma fratura no quadril. A doença também pode aparecer por causo do uso de drogas, trauma físico ou até choque elétrico. Há também a possibilidade extremamente rara de que a rabdomiólise ocorra em pacientes que usam remédios para reduzir níveis de colesterol — ou os saudáveis que fizeram muitos exercícios na acadêmia. A condição é comumente associada a atletas que rotinas intensas, mas casos de pessoas que faziam exercícios com pesos leves também foram registrados.

“Se você malha demais e malha além da dor, que é um sinal da doença, pode causar rabdomiólise“, explicou a médica Pyron. A condição, no entanto, é bastante rara: um estudo encontrou apenas 25 casos em 2,5 milhões de pessoas. Os sintomas? Dores musculares que podem dificultar a locomoção, inchaço que não diminui ou começa a pioras e urina escura, às vezes na tonalidades de chá ou avermelhada. Desidratação e superaquecimento também podem aumentar as chances de desenvolver a condição.

 

Fonte: veja

Rádios

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE