Paranatinga, 16 de Abril de 2021

Saúde

FEB Saúde é investigada por irregularidades em serviços funerários

Publicado 16/03/2021 11:04:43


O Ministério Público de Mato Grosso (MPMT) instaurou inquérito civil para investigar o Instituto Machado Pereira (FEB Saúde) e a empresa Univida Auxílio Família por suposta comercialização de produtos e serviços funerários sem autorização legal, além de publicidade enganosa.

As irregularidades são apuradas pelo MP desde o ano passado, após denúncia da Associação Brasileira de Empresas e Diretores Funerários (Abredif) para a prestação dos serviços em desconformidade com a Lei nº 13.261/2016, que regulamenta os planos de assistência funerária.

Conforme a denúncia, o Instituto Machado Pereira, prestadora de serviços médicos, realizou publicidade de consulta médica no valor de R$ 20,00 e exames gratuitos, que não constam no Contrato de Adesão.

Ainda, que a Univida divulgou plano de “Auxílio Funeral” em programa de televisão, no entanto, o contrato de adesão trazia “Assistência Funeral” que ao contrário do primeiro garante o reembolso dos gastos com funeral e a livre escolha dos serviços que o último não abrange. 

A denúncia da Abredif não é a primeira feita contra as duas empresas. O MPE revelou que, em junho passado, os Procons Estadual e Municipal receberam reclamações contra o Instituto Machado Pereira e a Univida.

O diretor da FEB Saúde Marcos Machado Pereira esclareceu que a empresa denunciante tem na diretoria pessoas ligadas à PAX, plano de assistência funerária, e que a empresa não tem nada a ver com a denúncia.

Segundo ele, quem comercializa o auxilio funerário é o plano Minha Vida do qual a FEB Saúde é parceira, "assim como muitos outros e faz descontos em consultas e exames".  

Leia a íntegra do esclarecimento:

1- A denunciante foi a ABREDIF que tem na diretoria pessoas ligadas à PAX;

2- O contrato que usaram para basear a denúncia foi o de uma diretora da Pax que se passou por cliente;

3- A FEB Saúde não tem nada a ver com a denúncia, quem comercializa o auxilio funerário é o Minha Vida. Aliás, o dossiê em que foi baseado a denúncia é tão antigo que até o nome está errado;

4- Não é a primeira vez que a PAX nos denuncia, já o fizeram no CRM (Conselho Regional de Medicina) usando outra pessoa ligada a eles e perderam;

5- O Minha Vida comercializa o plano de descontos o qual tem auxílio ou assistência funeral através de uma apólice de seguros da seguradora Capemisa, o que é perfeitamente legal;

6- A matéria, além de denegrir o nome da FEB Saúde, não deixa claro nenhuma conduta ilegal. A FEB saúde é parceira do plano Minha Vida assim como muitos outros e faz descontos em consultas e exames.

AÇÕES DE PERSEGUIÇÃO COMO ESTA NÃO VÃO NOS DESANIMAR, CONTINUAREMOS ATUANTES NO MERCADO E ESTAMOS CRESCENDO COM BASE EM CONSUMIDORES SATISFEITOS E RESPALDO LEGAL.

 

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE