Paranatinga, 30 de Maio de 2020

Saúde

kits de alimentação

Escolas montam kits de alimentação escolar para distribuir a alunos

Publicado 16/04/2020 17:01:40


As escolas da rede estadual já estão concluindo a montagem dos kits de alimentação escolar para entregar às famílias dos estudantes que serão beneficiados. A ação do Governo do Estado, um investimento de R$ 2,5 milhões, visa garantir a alimentação aos alunos durante o período de suspensão das aulas por conta da pandemia do coronavírus.

Aos todo, serão entregues 55.757 kits de alimentação a estudantes da rede pública estadual de ensino, cadastrados e beneficiados no programa Bolsa Família.

Com valor estimado de R$ 45, cada kit contém alimentos como feijão, arroz, macarrão, óleo, molho de tomate, sal e frango. Os kits podem ser acrescidos de outros produtos caso haja disponibilidade nas unidades escolares.

 

Conforme as escolas forem concluindo a montagem dos kits, já começarão a mobilização com as famílias para fazer a entrega, que será programada e organizada de forma que evite aglomerações nas unidades de ensino.

Na escola Márcio Schabatt, localizada no município de Lucas do Rio Verde (a 354 quilômetros de Cuiabá), os trabalhos já foram concluídos. Com os kits montados, a escola começou a mobilização para fazer a distribuição aos 154 estudantes que serão beneficiados.

O diretor da escola, Wellington José Gobi Zarelli, ressalta que os alunos, em sua maioria, têm a merenda escolar como uma das principais refeições do dia e, nesse momento de crise, ela está fazendo muita falta a eles. “Essa é uma ação muito positiva, pois conheço a realidade da nossa comunidade e sei que as famílias necessitam desses alimentos e precisam do nosso apoio nesse momento”.

Na escola Jaime Veríssimo de Campos, no município de Alta Floresta (a 803 quilômetros de Cuiabá), foram preparados 150 kits. O diretor da escola, Márcio Hrycyk, destaca que a compra dos alimentos foi feita conforme estabelecido em nota técnica encaminhada às escolas pela Secretaria de Estado de Educação.

 

“Além do recurso da alimentação escolar, nós também contamos com a colaboração de empresários do município, que são parceiros da escola e doaram alguns alimentos para montarmos mais cestas”, explica o diretor, acrescentado que, com isso, foi possível beneficiar muito mais estudantes de baixa renda, cujos pais estão desempregados ou são autônomos e estão sem desenvolver atividade remuneradas.

Para a montagem dos kits a escola contou com a colaboração dos professores e técnicos. “Todos seguiram as normas de prevenção, usando máscara, luvas, álcool em gel e mantiveram distanciamento entre cada um”, observou o diretor.

Para o gestor Jair Pereira da Cruz, da EE Vereador Bento Muniz, localizada em Tangará da Serra (a 239 quilômetros de Cuiabá), neste momento de pandemia, a ação é de extrema importância para garantir que os estudantes sejam alimentados. “Nós, que conhecemos a realidade de nossas comunidades, sabemos que algumas famílias são muito necessitadas economicamente e já estavam sem ter o que comer”, destacou, lembrando que a escola vai entregar 45 kits.

Inicialmente, ficou definido como critério de atendimento às famílias dos alunos da rede pública estadual de ensino cadastrados e beneficiados com o Bolsa Família. No entanto, considerando o que prevê a Resolução do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) Nº 2, de 9 de abril de 2020, poderá a unidade escolar atender com recursos (federal e estadual) do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) todos os alunos que necessitarem da alimentação escolar.

Conforme o Decreto Nº 432, de 31 de março de 2020, as aulas estão suspensas até o dia 30 de abril.

 

 

Fonte: secom gov

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE