Paranatinga, 21 de Fevereiro de 2019

Regional

DEZOITO FACADAS

Vestígio de sangue em carro é usado como prova em homicídio

Publicado 03/02/2019 22:36:17


O autor de um homicídio ocorrido Barra do Garcas (506 km a Leste), na madrugada do dia 1º de dezembro de 2018, foi preso pela Polícia Civil na sexta-feira (1º).  

 

O suspeito V.A.N.F., 28 anos,  teve o mandado de prisão cumprido por policiais da 2ª Delegacia de Polícia, do Bairro São José. Uma segunda pessoa é investigada por participação no crime.

 

O suspeito é um acusados de matar com 18 facadas Daniel Benites de Souza, 21 anos,  que foi encontrado sua residência com perfurações nas costas, pescoço, cabeça e tórax. A faca usada no crime estava ao lado do corpo da vítima.

 

Com uso de usando  técnicas investigativas, sob o comando do delegado  Antonio Moura Filho, a equipe de investigadores da 2° Delegacia de Polícia chegou ao suspeito, que na ocasião do crime usou um EcoSport vermelho para ir até a casa da vítima.

 

Segundo a investigação, o trabalho pericial da Politec Regional Barra do Garças foi fundamental para materializar as provas do crime. Um confronto genético foi feito com o sangue da vítima encontrado no EcoSport do suspeito.

 

"Informação valiosa para chegar a conclusão de que o  suspeito estava no local da barbárie", afirmou o delegado.

 

O crime segue em investigação para esclarecer a motivação e o identificar o segundo envolvido.

 

 

Fonte: midianews

Publicidade Áudio

Enquete

Como você avalia os primeiros 30 dias de Bolsonaro

Bom

Ruim

Péssimo

Excelente

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE