Paranatinga, 21 de Maio de 2019

Regional

AGIAM COM VIOLÊNCIA

Polícia prende ladrões que roubavam fazendas no interior de MT

Publicado 22/02/2019 10:40:18


REDAÇÃO 

Uma força-tarefa composta de policiais civis e militares prendeu um grupo envolvido em roubo de gado, nesta quinta-feira (21). As prisões foram realizadas em cumprimento de ordem judicial.

 

Segundo a Polícia Civil, os bandidos "são extremamente perigosos que agiam armados e atuavam com violência".

 

Os acusados - M.A.S. e T.P.N. - foram identificados como os responsáveis por roubos ocorridos em fazendas de Porto Alegre do Norte e São Félix do Araguaia.

 

A prisão dos foi realizada em ação envolvendo policiais civis das Delegacias de Porto Alegre do Norte, Confresa, Vila Rica, Canabrava do Norte, Alto Boa Vista, São Félix do Araguaia e Comodoro com apoio da Polícia Militar. M.A.S. foi preso em Vila Rica e T.P.N. em Comodoro.

 

De acordo com o delegado Marcello Maidame, responsável pelas investigações, o grupo criminoso era investigado há algum tempo como responsáveis por roubos urbanos em Confresa, porém recentemente foi identificado que os suspeitos migraram para roubos de gado na zona rural da região.

 

“Os suspeitos estão presos desde o dia 27 de janeiro, ocasião em que foram detidos em situação de flagrante. A ação criminosa do grupo contava com o apoio logístico de dois caminhões boiadeiros, que foram apreendidos pela Polícia Militar no mesmo dia em Confresa”, disse o delegado.

 

O grupo também contava com o apoio de outro veículo, um veículo Gol branco furtado que foi apreendido na quarta-feira (20) pelos investigadores em mãos da suspeita C.P.S., presa em flagrante em Confresa por receptação.

 

Entre os crimes praticados pelos suspeitos está o roubo ocorrido na propriedade rural em São Félix do Araguaia, em que os assaltantes desistiram de levar os animais, pegando objetos pessoais, equipamentos eletrônicos e maquinários das vítimas.

 

Em Porto Alegre do Norte, os investigados mantiveram em cárcere privado mais de dez pessoas e pretendiam levar pelo menos 200 animais, mas desistiram do roubo após uma das vítimas conseguir fugir. Na fuga os bandidos subtraíram objetos pessoais e eletrônicos, além de uma caminhonete SW4.

 

“Enquanto alguns integrantes tinham a função de manter as vítimas, geralmente caseiros das fazendas, em cárcere privado sob a ameaça de morte, outros movimentavam o gado para embarque e transporte”, disse o delegado.

 

Os presos serão indiciados pelos crimes de latrocínio tentado, roubo, cárcere privado e organização criminosa e foram encaminhados para a cadeia pública de Porto Alegre do Norte, aguardando a conclusão das investigações e julgamento pelo judiciário.

 

 

Fonte: Mídia News

Publicidade Áudio

Enquete

Você acredita que governo de MT retomará obras de asfalto da MT 130 em 2019 atá a Sete Placas?

SIM

NÃO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE