Paranatinga, 24 de Novembro de 2017

Regional

PJC e MP deflagra operação LOGREIRO em Primavera do Leste; casa de ex prefeito é um dos alvos

PRIMAVERA DO LESTE | 01/11/2017 12:21:04


Paranatinga News com Clique F5

 

Uma operação conjunta da Polícia Judiciária Civil e o Ministério Público foi deflagrada, na manhã desta quarta-feira (01.11), para cumprimento de mandados de buscas e apreensão de documentos nas cidades de Primavera do Leste, Campo Verde, Tangará da Serra e Cuiabá.

 

A operação denominada “Logreiro” investiga atos de corrupção envolvendo servidores públicos, políticos, empresários e escritórios de contabilidade, que se organizaram para fraudar licitações e contratos com a administração pública, com suspeitas do esquema e estender a outros municípios.

 

A investigação é originária de inquérito civil do Ministério Público de Primavera do Leste, presidido pelo Promotor de Justiça, Sílvio Rodrigues Alessi Junior. O trabalho investigativo contou com apoio da Diretoria de Inteligência, com levantamentos dos alvos, e análises de dados financeiros por meio do Laboratório de Tecnologia Contra a Lavagem de Dinheiro (Lab-LD).

 

O nome Logreiro tem o significado de oportunista, aproveitador, enganador. Outras informações serão repassadas no transcurso da operação.

 

Participam da operação 96 policiais civis (16 delegados e 80 investigadores e escrivães), das Diretorias do Interior e Atividades Especiais.

 

Pelo menos onze equipes da Polícia Judiciária Civil estão em Primavera do Leste neste momento (9h30), realizando busca e apreensão de documentos referentes a licitações de serviços públicos ocorridos em 2011.

 

Um dos locais onde os policiais realizam as buscas de documentos é a Secretaria de Obras Municipal e também no prédio onde mora o ex-prefeito Getúlio Viana. Conforme informações de testemunha que presenciou a ação dos policiais, cerca de cinco carros, com agentes encapuzados retiraram objetos ainda não identificados do apartamento de Viana.

 

O Ministério Público informou ao Clique F5 que após o término da operação o órgão deve se proinunciar.

 

Mais informações a qualquer momento.

 

Fonte:

FACEBOOK