Paranatinga, 16 de Outubro de 2018

Regional

Dois são mortos numa emboscada em Guarantã do Norte

Guarantã do Norte | 22/04/2018 17:36:52


 

Dois idosos foram executados em uma emboscada na estrada da Comunidade São Sebastião, em Guarantã do Norte (715 km ao norte de Cuiabá), neste sábado (21). Horas após o crime, a Polícia Militar conseguiu prender os suspeitos Jairo dos Santos Oliveira, 43, e Marcos José Madruga da Silva Santos, 33, que confessou execução por vingança. As vítimas foram identificadas como Jesulino Ribeiro de Almeida, 60, e Pedro Roque Gomes, 61. 

A 13ª Companhia da Polícia Militar foi acionada via Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) para atender uma ocorrência de duplo homicídio na localidade conhecida como Linha 27. Segundo informações, as vítimas haviam sofrido uma emboscada na curva da estrada que dá acesso a comunidade.

Testemunhas relataram ter ouvido tiros e em seguida dois homens fugindo em uma motocicleta vermelha. Pela estrada a polícia realizou diversas abordagens até identificar os suspeitos com a característica informada. Ao se aproximar da viatura, eles dispensaram dois objetos no matagal.

Durante a abordagem, nada de ilícito foi encontrado com os suspeitos e negaram ter descartado qualquer objeto. Em seguida, a guarnição fez buscas na mata e encontrou um revólver, calibre .44, com 4 munições. O 2º objeto não foi encontrado.

O suspeito Jairo. assumiu ter jogado a arma no mato e uma sacola com várias munições e cápsulas deflagradas e em seguida confessou ter matado uma das vítimas para vingar a morte do irmão. Segundo Jairo, a vítima era observada a dois dias e no momento da execução ordenou para Jesuíno parar a moto Bros, de cor preta, e efetuou os disparos contra ele.

A PM foi até o local e encontrou as vítimas sem vida, caída às margens contrária da via, onde haviam sido alvejados. As vítimas teriam sido arrastadas e cobertas por folhagens pelos criminosos. A motocicleta estava escondida a 600 metros do local do crime.

O local foi isolado pela Polícia Militar até a chegada da Polícia Civil e da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Polítec) para os devidos procedimentos. Logo após, os corpos das vítimas foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML).

Jairo e Marcos José foram algemados e conduzidos a Delegacia de Polícia Civil. Lá Jairo ainda apresentou a CNH de seu irmão Adimilson dos Santos Oliveira. Ambos foram autuados pelo crime homicídio doloso, ocultação de cadáver.

Fonte:

Rádios

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE