Paranatinga, 20 de Abril de 2019

Política

Wellington Fagundes lidera debate de modelos de concessão e pede maiores investimentos em infraestrutura

Publicado 05/12/2014


Wellington Fagundes lidera debate de modelos de concessão e pede maiores investimentos em infraestruturaO senador eleito e deputado mato-grossense Wellington Fagundes (PR) cobrou do Governo Dilma Rousseff medidas urgentes para ‘desentravar os principais projetos de logística’ como forma de evitar que o Brasil perca ainda mais competitividade nos negócios para outros países. Fagundes disse que o Brasil precisa, de uma vez por todas, enfrentar a burocracia que envolve e atrasa a realização dos grandes projetos de infraestrutura.

O parlamentar republicano, que preside a Frente Parlamentar de Logística de Transporte e Armazenagem,  integrou a comitiva do Ministério dos Transportes, em inspeção a obras federais de duplicação das rodovias BR-040 e BR-101. Ele também conheceu e discutiu o modelo de concessão da Ponte Rio-Niterói com a implantação do “Mergulhão” em Niterói e a inclusão da obra da Avenida Portuária, em continuidade ao acesso à Linha Vermelha, propiciando a ligação do Porto do Rio de Janeiro com a Avenida Brasil , desafogando o trânsito da Ponte.
 
Wellington Fagundes destacou para a reportagem do Olhar Direto que o debate sobre as concessões interessam também diretamente a Mato Grosso, que dispõe de grande potencial hidroviário, pronto para ser explorado. Ele citou como exemplo os cursos hidroviários Paraguai-Paraná, Araguaia-Tocantins e Teles Pires-Tapajós como sendo essenciais para alavancar ainda mais a competitividade da produção de grãos.
 
Nesta semana, Wellington Fagundes esteve reunido, juntamente com o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, com o ministro José Augusto Nardes, do Tribunal de Contas da União (TCU). Eles discutiram os modelos de  concessão dos empreendimentos relacionados com a ampliação e manutenção da infraestrutura na cadeia de transportes.
 
Fagundes disse que o Governo brasileiro precisa, de uma vez por todas, enfrentar a burocracia que envolve e atrasa a realização dos grandes projetos de infraestrutura – cuja carência é classificada como uma das ‘deficiências persistentes’, segundo o Relatório da Competitividade Global, do Fórum Econômico Mundial. A definição da questão dos portos, segundo ele, é essencial para afastar os riscos que o Brasil enfrentaria.

Publicidade Áudio

Enquete

Prefeitura e Câmara de Paranatinga lança Consulta Pública - UNEMAT

ADMINISTRAÇÃO

AGRONOMIA

PEDAGOGIA

TURISMO

CIENCIA DA COMPUTAÇÃO

CIÊNCIAS ECONÔMICAS

ENGENHARIA CIVIL

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

ENGENHARIA ELÉTRICA

FISICA

JORNALISMO

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

ARQUITETURA E URBANISMO

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

EDUCAÇÃO FÍSICA

ENGENHARIA DE ALIMENTOS AGROINDUSTRIAL

ENGENHARIA FLORESTAL

GEOGRAFIA

LETRAS

QUIMICA

SOCIOLOGIA

ZOOTECNIA

AGROECOLOGIA

ARTES VISUAIS

CIÊNCIAS

ENFERMAGEM

FILOSOFIA

HISTÓRIA

MATEMÁTICA

SISTEMAS

TEATRO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE