Paranatinga, 23 de Novembro de 2020

Política

INSCRIÇÕES ENCERRADAS

Veja quais desembargadores disputam o comando do Tribunal

Publicado 18/11/2020 15:21:01


 

Os candidatos à presidência do TJ: Maria Helena Póvoas, Luiz Ferreira da Silva, Juvenal Pereira da Silva e Sebastião Moraes Filho

CÍNTIA BORGES
DA REDAÇÃO

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) encerrou as inscrições e divulgou os nomes dos desembargadores candidatos a cadeiras na Mesa Diretora.

 

Para presidente do Judiciário, increveram-se os desembargadores Maria Helena Póvoas, Juvenal Pereira da Silva, Luiz Ferreira da Silva e Sebastião Moraes Filho.

 

Para vice-presidente, apenas a desembargadora Maria Aparecida Ribeiro mostrou interesse. 

 

Já para o cargo de corregedor-geral da Justiça se inscreveram os desembargadores José Zuquim Nogueira e Pedro Sakamoto.

 

Os nomes foram publicados no Diário Oficial de Justiça que circula nesta quarta-feira (18).

 

A nova Mesa Diretora será responsável por comandar o Judiciário mato-grossense no biênio 2021/2022. A eleição acontece no próximo dia 26.

 

Órgão especial

 

Também foram publicados os nomes dos desembargadores que poderão ocupar cinco cadeiras no Órgão Especial – colegiado criado para dar mais celeridade aos processos julgados pelo Pleno.

 

São os desembargadores: Carlos Alberto da Rocha, Clarice Claudino da Silva, Guiomar Teodoro Borges, Márcio Vida, Marcos Machado, Mário Kono, Nilza Maria Póvoas, Rondon Bassil, Rui Ramos, Sebastião de Moraes e Serly Marcondes Alves.

 

O Órgão Especial do TJMT é composto por 13 desembargadores, sendo três natos (presidente, vice-presidente e corregedor-geral da Justiça) e mais 10, cinco dos mais antigos e cinco eleitos.

 

A eleição

 

Agora, conforme regimento interno do TJ, abre-se prazo de 48h para que os desembargadores protocolem eventual impugnação. Caso ocorra algum pedido de impugnação, candidato impugnado será ouvido em até 48 horas, e o presidente Carlos Alberto Alves da Rocha relatará a questão perante o Tribunal Pleno.

 

A desistência da candidatura será permitida até o momento do início da votação. 

 

A eleição se dará por meio de sessão extraordinária do Tribunal Pleno – composto pelos 29 desembargadores – por meio de videoconferência.

 

 

 

Fonte: midianews

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE