Paranatinga, 20 de Abril de 2019

Política

ELEIÇÃO CONTESTADA

Selma diz que Fávaro foi mal instruído e vê ação como “papelão”

Publicado 25/10/2018 08:55:14


 

A senadora eleita Selma Arruda (PSL) disse ter recebido com “estranheza” a notícia de que o candidato derrotado Carlos Fávaro (PSD) deverá protocolar, nesta semana um pedido para cassar sua candidatura.

 

Selma foi eleita como a mais votada do pleito, com 24,65% dos votos. Ela foi seguida por Jaime Campos (DEM), que ficou com 17,82%. Fávaro ficou em terceiro, com 15,80%.

 

Para ela, Fávaro foi “mal instruído” em achar que irá assumir o cargo no caso de uma cassação, explicando que a lei exige uma nova eleição.

 

“Ele pode fazer o que ele quiser. A Justiça está aí para analisar, porém acredito que ele está mal instruído porque deve estar pensando que o terceiro lugar pode subir, mas na verdade o que as leis dizem é que nesse caso é necessária uma nova eleição. Eu duvido muito que ele tenha sido alertado sobre isso. Porque se fosse, não iria se prestar a um papelão desses”, afirmou a senadora.

 

 

Ele pode fazer o que ele quiser, a Justiça está aí para analisar, porém, acredito que ele está mal instruído porque deve estar pensando que o terceiro lugar pode subir, mas na verdade o que as leis dizem é que nesse caso é necessário uma nova eleição

“E mesmo que isso [cassação] acontecesse, eu duvido muito que os eleitores que me elegeram fossem votar exatamente na pessoa que me tirou. Não acho que seja uma boa estratégia, mas cada um faz o que quer”, completou Selma. 

 

Segundo apurou a reportagem, Faváro  já constituiu duas bancas renomadas de advogados em Brasília, que preparam a ação contra a juíza aposentada.

 

A ação deverá ter como base informações contidas no processo movido pela empresa de publicidade Genius Produções Cinematográficas, do marqueteiro Junior Brasa, que cobra R$ 1,1 milhão por conta de um contrato rompido por Selma na campanha.

 

No processo, o marqueteiro anexou cheques e pagamentos feitos no período de pré-campanha, o que pode configurar gastos ilegais. 

 

Selma se defendeu dizendo ter a certeza de que não será cassada, pois não cometeu nenhuma irregularidade em sua campanha. 

 

“Não tem a mínima possibilidade de eu ser cassada com aqueles fundamentos que estão lá naquela ação”, disse. 

 

 

Fonte: Mídia News

Publicidade Áudio

Enquete

Prefeitura e Câmara de Paranatinga lança Consulta Pública - UNEMAT

ADMINISTRAÇÃO

AGRONOMIA

PEDAGOGIA

TURISMO

CIENCIA DA COMPUTAÇÃO

CIÊNCIAS ECONÔMICAS

ENGENHARIA CIVIL

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

ENGENHARIA ELÉTRICA

FISICA

JORNALISMO

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

ARQUITETURA E URBANISMO

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

EDUCAÇÃO FÍSICA

ENGENHARIA DE ALIMENTOS AGROINDUSTRIAL

ENGENHARIA FLORESTAL

GEOGRAFIA

LETRAS

QUIMICA

SOCIOLOGIA

ZOOTECNIA

AGROECOLOGIA

ARTES VISUAIS

CIÊNCIAS

ENFERMAGEM

FILOSOFIA

HISTÓRIA

MATEMÁTICA

SISTEMAS

TEATRO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE