Paranatinga, 11 de Dezembro de 2017

Política

“Quem nomeia e exonera sou eu; e não vou exonerar o Soares

SECRETARIADO DE MT | 17/11/2017 10:01:47


O governador Pedro Taques (PSDB) garantiu que o secretário de Estado de Saúde, Luiz Soares, não será exonerado, independentemente de quaisquer críticas em relação à condução de seus trabalhos no comando da Pasta.

 

Na última semana, enquanto Taques estava em viagem ao exterior, Soares foi “bombardeado” por deputados estaduais.

 

"Respeito a posição dos deputados, mas quem nomeia e exonera secretário sou eu. E não vou exonerar o Luiz”, disse Taques, em entrevista ao programa "Resumo do Dia", na TV Brasil Oeste (Canal 8).

 

 

Respeito a posição dos deputados, mas quem nomeia e exonera secretário sou eu. E não vou exonerar o Luiz

“Ele está fazendo um grande trabalho de reorganizar a Saúde, que recebemos totalmente desorganizada", acrescentou o governador.

 

O descontentamento dos parlamentes – inclusive, da base aliada do Governo - com relação ao secretário ocorre já que ele estaria, sucessivamente, descumprindo ordens do governador.

 

Além disso, afirmam que Soares tem um perfil muito fechado e sequer aceitaria se reunir com os deputados para debater eventuais demandas na área da Saúde Pública.

 

“Nem a bancada do Governo consegue ser atendida pelo secretário. O que vem a ponto é saber quem manda mais: o governador ou o secretário de Saúde? Por que o governador dá ordens que são descumpridas pelo secretário?”, reclamou o deputado Romoaldo Júnior (PMDB).

 

Nem mesmo o líder do Governo na Assembleia, deputado Dilmar Dal Bosco (DEM), poupou o secretário, classificado por ele como "endeusado”.

 

Os parlamentares chegaram a exigir a demissão de Soares, sob pena de “desmoralização” do Governo Taques

 

 

Fonte: Midia News

FACEBOOK