Paranatinga, 20 de Setembro de 2019

Política

TROCA DE PARTIDO

PSL diz que saída é "precipitada" e trabalha para manter Selma

Publicado 04/09/2019 11:29:06


DOUGLAS TRIELLI 
DA REDAÇÃO

 

O deputado estadual Silvio Fávero (PSL) classificou como precipitada a possibilidade de a senadora Selma Arruda migrar do PSL para o Podemos.

 

Nas últimas semanas, informações dão conta de que a parlamentar estaria insatisfeita com o apoio que tem recebido dentro do PSL, em especial diante do recurso ingressado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a fim de tentar reverter a cassação do seu mandato por caixa 2 e abuso de poder econômico, ocorrido em abril deste ano.

 

Em conversa com o MidiaNews, Fávero disse que conversou a colega de sigla e pediu para que ela não se desfilie.

 

“É uma decisão precipitada, no meu ponto de vista. Falei isso para ela. Não está sendo só ela com dificuldade. Ele [Jair Bolsonaro] é presidente da República e tem que cuidar de todo mundo. Mato Grosso é pequeno perto de outros Estados, mas não quer dizer que ele não está dando atenção. Quantas vezes já veio ministro para cá? Mas temos que ter paciência”, afirmou.

 

Helder Faria/ALMT

 

O deputado estadual Silvio Fávero, que pediu para Selma não deixar o PSL

“O problema é que ela não está tendo um pouco de acesso ao nosso presidente, divergências partidárias, ideologias, coisas nesse sentido. Então, ela falou para mim que já se reuniu com o pessoal do Podemos e há a possibilidade de ela ir para lá. Ela vai ter uma reunião com o Álvaro Dias, Renata Abreu e José Medeiros, para definir. Não sei se ela pode voltar atrás, mas se fosse hoje, diria que ela já está no Podemos”, acrescentou.

 

Apesar disso, Fávero afirmou que o presidente nacional do PSL, Luciano Bivar, deve trabalhar para manter a senadora na sigla.

 

Uma reunião nesta semana deve ter como pauta a manutenção de Selma e do também senador Major Olímpio (PSL-SP).

 

“Eles devem se movimentar. Ele [Bivar] disse para nós que para o PSL não é vantajoso. Ela vai para o Podemos continuar fazendo base com o Bolsonaro, mas não seria do partido. Eles vão ter uma reunião em Brasília nesta semana, mas é bem difícil”, disse.

 

“Ele [Bivar] disse para mim que vai fazer de tudo para não deixá-la sair, porque não podemos perder uma senadora em início de mandato. Ele falou isso para mim. Isso depende dela, mas o partido vai trabalhar para não deixá-la sair. Todos querem que ela fique. Mas é difícil, quando a pessoa não quer mais. Aí não tem jeito, igual a um casamento”, completou.

 

 

Fonte: Midia News

Publicidade Áudio

Enquete

Você é a favor ou contra privatização da MT 130 entre Primavera do Leste a Paranatinga

A FAVOR

CONTRA

INDEFINIDO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE