Paranatinga, 18 de Agosto de 2019

Política

ALVO DA RÊMORA

Justiça manda cópia de delação de ex-secretário de MT ao Gaeco

Publicado 11/02/2019 22:14:03


FOLHAMAX

A juíza da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, Ana Cristina da Silva Mendes, determinou que seja encaminhada cópia da delação do ex-secretário de Estado de Educação (Seduc), Permínio Pinto, ao Gaeco (Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado) para análise e possíveis novas diligências. A decisão é da última quinta-feira (7).

 

Em sua decisão, a magistrada também determinou que a cópia seja anexada aos autos da ação principal da Operação Rêmora, cujos desvios praticados contra a Seduc ainda não foram completamente apurados. O acordo de colaboração premiada do ex-secretário foi firmado em abril de 2017 com a Procuradoria-Geral da República (PGR) e homologado pelo ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF).

 

Nele, Permínio narra detalhes dos esquemas de corrupção praticados contra a Seduc durante sua gestão, no início do Governo Pedro Taques (PSDB). Nos bastidores, fala-se que o ex-secretário forneceu detalhes da possível participação do ex-governador através de conversas do aplicativo WhatsApp, que teria conhecimento de todos os esquemas.

 

Ao firmar o acordo, Permínio se comprometeu a pagar o montante de R$ 500 mil aos cofres públicos, sendo R$ 300 mil por ressarcimento e R$ 200 mil por pagamento de multa. O montante, porém, será pago ao longo de cinco anos.

 

Em junho de 2017, o ex-secretário fez o pagamento de R$ 100 mil. Exatamente um ano depois, ele realizou o pagamento de R$ 200 mil.

 

Neste ano, Permínio deverá fazer o depósito de R$ 75 mil, mesmo valor previsto para ser depositado em 2020. Em 2021, por sua vez, o ex-secretário deverá pagar o valor de R$ 50 mil, quitando a dívida.

 

Todos os pagamentos são previstos para o mês de junho. No caso de atraso no pagamento das parcelas, Permínio sofrerá sanções da Justiça.

 

Se o atraso for inferior a 60 dias, ele pagará multa de 10% no valor da parcela, corrigida monetariamente. Agora, se o atraso ultrapassar os dois meses, o acordo de colaboração premiada poderá ser rescindido.

 

Depoimento

 

A delação de Permínio Pinto ainda está sob segredo de Justiça e é de conhecimento apenas nas autoridades envolvidas na investigação e ação. Porém, ele prestará depoimento no dia 11 de março na 7ª Vara Criminal de Cuiabá para esclarecer os fatos já sob a condição de colaborador premiado. 

 

Ou seja, o ex-secretário terá que confirmar o depoimento prestado à Procuradoria Geral da República. Nos bastidores, é dado como certo o envolvimento do ex-deputado federal Nilson Leitão (PSDB) e do ex-governador Pedro Taques no esquema.

 

A Operação Rêmora foi deflagrada em 2016 pelo Gaeco com o objetivo de desbaratar um esquema de corrupção implantado nas entranhas da Seduc. Segundo as investigações, os desvios se davam por meio de contratos de obras em escolas superfaturados. Permínio chegou a ser preso preventivamente em julho de 2016, mas acabou sendo solto em dezembro do mesmo ano após confessar seus crimes.

 

O grupo fraudava o processo licitatório e exigia o pagamento de propina por parte das empresas para que a Seduc firmasse o contrato. As investigações apuraram que o esquema foi montado para recuperar recursos investidos na campanha do ex-governador Pedro Taques. Além do ex-secretário, são réus na ação o empresário Giovani Guizardi, que acusou Permínio de ficar com 25% de toda a propina arrecadada com os empresários, donos das empresas contratadas pelo Estado para realizar obras de reforma e construção de escolas em Mato Grosso. Giovani é apontado por ser operador do esquema.

 

Outra pessoa com papel destaque no esquema é o empresário Alan Malouf. Em seus depoimentos, Permínio acusou Pedro Taques e o ex-deputado federal Nilson Leitão (PSDB) de integrarem o esquema. Este último, segundo Permínio, ainda praticava o crime de lavagem de dinheiro.

 

Publicidade Áudio

Enquete

Você aprova ou não? Vereadores de MT tentam mudar nome de Portão do Inferno para Portal Paraíso

SIM

NÃO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE