Paranatinga, 17 de Novembro de 2018

Política

Justiça condena Bosaipo a 28 anos de prisão por desvios na AL

OPERAÇÃO ARCA DE NOÉ | 23/10/2018 10:44:14


 

 

O juiz Marcos Faleiros, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, condenou o ex-conselheiro Humberto Melo Bosaipo a 28 anos, 10 meses e 20 dias de prisão por desvios de recursos da Assembleia Legislativa e lavagem de dinheiro. A decisão é desta segunda-feira (22).

 

“Sujeitando-o à pena privativa de liberdade de 28 (vinte e oito) anos, 10 (dez) meses e 20 (vinte) dias de reclusão e 200 (duzentos) dias-multa, fixado o valor do dia-multa em 01 (um) salário mínimo, pena que será cumprida em regime inicialmente fechado, devendo aguardar em liberdade o julgamento em segundo grau, de acordo com jurisprudência do STF”, consta em decisão do magistrado. 

 

De acordo com a ação penal, instaurada pelo Ministério Público Estadual (MPE), o esquema foi deflagrado na Operação Arca de Noé, em 2002, que teve como alvo principal o ex-chefe do crime organizado em Mato Grosso, João Arcanjo Ribeiro. A operação investigou as relações de Arcanjo com deputados estaduais que compunham a Mesa Diretora na época.

 

Durante as investigações, foram encontrados diversos cheques oriundos da Assembleia de posse da empresa Confiança Factoring, que pertencia a Arcanjo. 

 

 

Fonte: Mídia News

Publicidade Áudio

Rádios

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE