Paranatinga, 24 de Abril de 2019

Política

OPERAÇÃO SANGRIA

Funcionário virou sócio para ocultar verdadeiros donos, diz MPE

Publicado 05/02/2019 10:01:51


O Ministério Público Estadual afirmou que o funcionário Adriano Luis Alves Souza foi alçado à condição de sócio das empresas ProClin e Qualycare com o objetivo de ocultar a participação societária do ex-secretário de Saúde de Cuiabá Huark Douglas Correia e do médico Fábio Liberali Weissheimer.

 

A legislação impede que servidores sejam sócios de empresas que têm contrato com o poder público.  Além de citar o fato de Huark ser ex-secretário, o MPE afirma que Weissheimer também ocupou cargos e funções públicas.

 

A acusação consta na denúncia relativa à Operação Sangria apresentada à Justiça há cerca de dez dias e que foi acatada pela juíza Ana Cristina Silva Mendes, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá.

 

Segundo a acusação, Adriano foi colocado no posto para “ocultar a propriedade de fato dos membros ocultos”, sendo o “responsável pela gestão administrativa e financeira das empresas ProClin e Qualycare no interesse do grupo”.

 

No dia 31 de janeiro, a Justiça acatou a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE) contra oito investigados na operação, deflagrada pela Delegacia Fazendária para apurar um esquema de monopolização dos serviços médicos na saúde pública de Cuiabá e do Estado.

 

Com a decisão, tornam-se réus - além de Huark, Weissheimer e Adriano -, o ex-secretário adjunto da Saúde Flávio Alexandre Taques da Silva, Kedna Iracema Fonteneli Servo, Luciano Correa Ribeiro, Fábio Alex Taques Figueiredo e Celita Natalina Liberali.

 

Com a decisão, todos vão responder a ação penal pela acusação de integrar organização criminosa e embaraço a investigação.

  

“Compulsando os vertentes autos, verifico presente a justa causa para a instauração da Ação Penal, consubstanciada em prova razoável da existência de um grupo criminoso, com o inequívoco intuito de embaraçar e obstruir os trabalhos de investigação criminal em curso”, determinou a magistrada.

Fonte: Mídia News

Publicidade Áudio

Enquete

Prefeitura e Câmara de Paranatinga lança Consulta Pública - UNEMAT

ADMINISTRAÇÃO

AGRONOMIA

PEDAGOGIA

TURISMO

CIENCIA DA COMPUTAÇÃO

CIÊNCIAS ECONÔMICAS

ENGENHARIA CIVIL

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

ENGENHARIA ELÉTRICA

FISICA

JORNALISMO

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

ARQUITETURA E URBANISMO

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

EDUCAÇÃO FÍSICA

ENGENHARIA DE ALIMENTOS AGROINDUSTRIAL

ENGENHARIA FLORESTAL

GEOGRAFIA

LETRAS

QUIMICA

SOCIOLOGIA

ZOOTECNIA

AGROECOLOGIA

ARTES VISUAIS

CIÊNCIAS

ENFERMAGEM

FILOSOFIA

HISTÓRIA

MATEMÁTICA

SISTEMAS

TEATRO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE