Paranatinga, 21 de Agosto de 2018

Política

Deputado é suspeito de usar conta de ex-assessor para receber R$ 100 mil em MT

DEPUTADO | 13/03/2018 18:56:05


 

Durante depoimento o ex-assessor do deputado estadual José Domingos Fraga (PSD) alegou que José utilizou sua conta no ano de 2014, para depositar um cheque e receber uma transferência, totalizando R$ 100 mil. Esses valores são oriundos do empresário Claudemir Pereira, na época sócio da Santos Treinamento, empresa investigada na Operação Bereré.

O depoimento foi feito ao Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco).

A Operação Bereré foi deflagrada na manhã do dia 19 de fevereiro com o objetivo de desmantelar uma organização criminosa que atuava junto ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran) realizando desvios de recursos públicos.

As investigações apontam que os valores repassados pelas financeiras à EIG Mercados por conta do contrato com o Detran-MT retornavam como propina a políticos, dinheiro esse que era "lavado" pela Santos Treinamento parceira da EIG no contrato, e por servidores da Assembleia, parentes e amigos dos investigados.

O assessor Jorge da Graça foi intimado a depor em razão de o Gaeco ter descoberto que ele recebeu um cheque e uma transferência em sua conta, no valor de R$ 50 mil cada, em fevereiro de 2014. Os valores foram emitidos por Claudemir Pereira dos Santos, sócio da Santos Treinamento de 20/06/2006 a 09/03/2015.

A assessoria do deputado José Domingos informou que tentou buscar um posicionamento na manhã desta terça-feira, mas não conseguiu. Segundo a assessoria, o político está de repouso, pois passou recentemente por um procedimento cirúrgico.

 

Fonte: Nortão Noticias

Rádios

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE