Paranatinga, 19 de Janeiro de 2019

Política

PRESIDENTE EMPOSSADO

Bolsonaro propõe "reerguer a pátria" e pede pacto anticorrupção

Publicado 01/01/2019 16:25:06


REDAÇÃO 

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) tomou posse na tarde desta terça-feira (1º) em Brasília.

 

Em um discurso de dez minutos no Congresso Nacional, ele pediu um pacto nacional com a sociedade e prometeu revigorar a democracia.

 

Foi sua primeira fala como presidente empossado. Ele começou a fala agradecendo por estar vivo, após ter sofrido um ataque a faca durante a campanha. Para ele, os médicos da Santa Casa de Juiz de Fora (MG) operaram um milagre ao salvá-lo.

 

Bolsonaro pediu ajuda aos parlamentares para "restaurar e reerguer a pátria" contra "corrupção, criminalidade, irresponsabilidade econômica e submissão ideológica".

 

O presidente falou ainda em "pacto nacional entre a sociedade os Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário na busca de novos caminhos para o novo Brasil". 

  

"O Brasil será livre das livre das amarras ideológicas", disse. O novo presidente prometeu respeitar todas as religiões, mas respeitar as "tradições judaico-cristãs".

 

Bolsonaro falou ainda em "valorizar a família" e "combater a ideologia de gênero".

 

Antes do discurso, o capitão reformado desfilou em carro aberto no trajeto da Catedral ao Congresso Nacional.

  

O veículo que conduziu o presidente e a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, é um Rolls Royce modelo Silver Wraith conversível que pertence à Presidência da República.

 

Um dos filhos de Bolsonaro, o vereador Carlos Bolsonaro, acompanhou o casal no veículo.

 

Desde os primeiros preparativos para a cerimônia de posse, o desfile em carro aberto era uma dúvida. O futuro ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, chegou a falar em "temeridade" devido ao atentado a faca que Bolsonaro sofreu em setembro, durante a campanha, em Juiz de Fora.

 

Bolsonaro deixou a Granja do Torto pouco depois das 14h20 em direção à Esplanada dos Ministérios para os eventos da cerimônia de posse.

 

Chegou à Catedral de Brasília, ponto inicial do cortejo, as 14h43. O Rolls Royce percorreu parte da Esplanada até o Congresso Nacional. Durante o trajeto, Bolsonaro e Michelle acenaram para o público acomodado no gramado central da Esplanada.

 

Bolsonaro chegou as 15h à mesa do Plenário da Câmara onde assinou termo de posse e discursou. De lá, o cortejo seguiu para o Palácio do Planalto e depois para o Itamaraty.

 

Durante o trajeto, cavalos montados pelos Drágões da Indendência que guiavam o cortejo se chocaram e quase avançaram sobre o carro que levava Bolsonaro.

 

Fonte: Mídia News

Publicidade Áudio

Enquete

Qual obra é mais importante para Paranatinga em 2019.

SAÚDE

PRAÇA CENTRAL

ASFALTO

ILUMINAÇÃO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE