Paranatinga, 17 de Agosto de 2019

Polícia

Piauí

Suspeito de chefiar quadrilha do Mato Grosso é preso no Piauí com 11 carros de luxo, jet ski e drogas

Publicado 08/08/2019 19:13:21


A Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre) prendeu quatro suspeitos de tráfico de drogas na tarde desta quinta-feira (9) no bairro Recanto das Palmeiras, Zona Sudeste de Teresina. Com eles foram apreendidos 11 carros de luxo, um jet ski e mais de R$ 19 mil e drogas.

De acordo com o delegado Cadena Júnior, coordenador da Depre, o chefe da quadrilha identificado como Valdeir Alves Caldeira é do Mato Grosso e seria o proprietário dos veículos de luxo. Ele foi preso junto com a esposa Edilaine Cassola Ferreira e os executores da droga, Elielton Pereira Portela (piauiense) e Pedro Vitor Rosa da Silva (maranhense).

 

 

"Essa quadrilha estava sendo investigada há quatro meses pela Depre por fazer conexão de venda de drogas em Teresina, com integrantes nos estados do Mato Grosso e do Maranhão. Após denúncias anônimas sobre a grande rotatividade de veículos de luxo na residência nas casas dos suspeitos, que começou a chamar a atenção dos vizinhos, começamos o monitoramento deles", explicou.

 

Segundo o Cadena, nesta quinta-feira os policiais observaram uma grande movimentação na casa do chefe da quadrilha e por este motivo solicitou ao juiz da Central de Inquéritos a busca em três endereços, que resultou nas prisões dos quatro suspeitos.

Conforme o delegado, o casal é do Mato Grosso e veio para o Piauí há dois anos. Os veículos de luxo e o jet ski foram apreendidos na casa deles, além das malas com crack e cheques de R$ 50 mil a R$ 100 mil, pagos a pessoas do estado de origem dos suspeitos.

 

 

 

"Eles costumavam a viajar com os carros diferentes e todos sem airbag, justamente para esconder as drogas. Esses veículos eram usados para fazer a distribuição e pegar os entorpecentes. Acreditamos que o crack tenha vindo da Bolívia, pois é fronteira com o Mato Grosso, e que mais integrantes dessa quadrilha devem ser presos", disse o Cadena.

Além dos veículos, a polícia apreendeu 7.700 quilos de crack, celulares e notebooks. Os suspeitos foram autuados em flagrante por tráfico e associação para o tráfico e posse irregular de arma de fogo.

 

Fonte: G1

Publicidade Áudio

Enquete

Você aprova ou não? Vereadores de MT tentam mudar nome de Portão do Inferno para Portal Paraíso

SIM

NÃO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE