Paranatinga, 22 de Maio de 2018

Polícia

Suposta queda de avião em MT pode ser meteorito

ASTRONOMIA | 10/08/2016 17:06:35


A suposta queda de um avião de pequeno porte na cidade de Poxoréu (257 km de Cuiabá/MT), ocorrida no último dia 5.08, pode, na verdade, ter sido a queda de um meteorito. A observação foi feita pelo astrônomo amador responsável pela Estação Bramon de captura de meteoros de Rondonópolis, Vandson Guedes. De acordo com ele, pelas características descritas nos relatos apurados pela agência de notícias sobre Astronomia Space News MT, o fato de muita gente ter visto uma bola de fogo no céu nas cidades de Campo Verde, Poxoréu e Primavera do Leste no mesmo horário (9h) e ninguém ter conseguido avistar destroços de qualquer avião, leva a crer na possibilidade desta ter sido a queda de uma pedra espacial em solo mato-grossense.

Para os leigos, meteorito é a denominação dada quando um meteoroide, formado por fragmentos de asteroides ou cometas ou ainda restos de planetas desintegrados, que podem variar de tamanho desde simples poeira a corpos celestes com quilômetros de diâmetro, alcança a superfície da Terra, podendo ser um aerólito (rochoso), siderito (metálico) ou siderólito (metálico-rochoso).

A maior possibilidade territorial de queda do suposto meteorito é Primavera do Leste porque o estrondo ouvido por lá foi muito grande chegando a chacoalhar prédios, conforme relatou a secretária municipal de Educação do município, Adriana Tomasoni. “Geralmente o barulho ocorre no local onde foi a queda”, informa Guedes.

Tomasoni relata que o impacto foi enorme e, até o fim do dia, segundo ela, ninguém detectou o que foi o ocorrido. “Parece que caiu no assentamento ‘Vale Verde’, que fica a uns três quilômetros do centro de Primavera, na divisa dos municípios, mas se sentiu em toda a cidade. O impacto foi bem estranho. Minha secretaria fica num prédio de três andares e só sentimos o impacto. Todo mundo ficou assustado achando que um caminhão ou algo do tipo havia batido no prédio”, contou.

Informações da Polícia Militar de Primavera – que deslocou policiais para verificar se foi mesmo uma queda de avião agrícola – dão conta de que não foi encontrado nenhum resquício de destroços de aeronave. “Muita gente ligou avisando que viu uma bola de fogo no céu, mas até agora não encontramos nada que ligue à queda de avião”, disse o policial Heric, que acompanhou a investigação e acredita ter sido um infeliz trote.

Contudo seria difícil tanta gente pensar num trote desses ao mesmo tempo. Relatos nas redes sociais informam o mesmo avistamento de bola de fogo caindo do céu e um vídeo gravado pela internauta Bruna Costa, de Primavera, apresenta o que Guedes denomina de smoke traill (uma trilha de fumaça deixada pelo meteorito em sua entrada). Ele ainda destaca que um amigo seu, jornalista, e que entende um pouco de astronomia, também morador de Primavera, também ligou para ele afirmando ter visto um clarão no céu que lembra a queda de um meteorito. O vídeo pode ser conferido na fanpage Space News MT.

Seu maior temor agora é que a pedra sideral não seja reconhecida, caso seja avistada por alguém sem conhecimento sobre a importância do achado. Se encontrado este poderia ser o segundo meteorito detectado em Mato Grosso. O único catalogado até hoje no Brasil como sendo mato-grossense é o “Pontes e Lacerda”, encontrado por um garimpeiro na cidade que originou sua denominação. Atualmente o ‘Pontes e Lacerda’ está no estado de São Paulo.

De acordo com o astrônomo amador, o pequeno tamanho em que pode estar o possível meteorito de Primavera se deve ao fato de, com a entrada na atmosfera esse tipo de corpo se desfazer e poder ficar do tamanho de uma bola de tênis, ficando mais difícil seu encontro. Por isso ele pede que quem tiver informações a respeito ou achar uma pedra diferente pelo local, que entre em contato com ele pelo facebook para que possa verificar se é de fato o possível meteorito.

Lixo espacial

Sobre a possibilidade também deste evento ter sido a queda de pedaço de lixo espacial ele descarta pelo fato desse tipo de resíduo ser mais lento quando em queda e o estrondo ouvido pelos moradores da cidade de Primavera caracteriza mais o alto atrito que faz a rocha logo explodir quando entra na atmosfera terrestre.

Características

Para identificar um meteorito rochoso das pedras comuns da Terra basta saber que, se não sofrer muito intemperismo, esta torna-se visivelmente uma rocha diferente das terrestres. Um meteorito ferroso é mais pesado que as rochas comuns.

 

 

Fonte: Folha Max

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE