Paranatinga, 12 de Dezembro de 2018

Polícia

MATA GRANDE

Presos arrebentam 22 cadeados; agentes frustram fuga em massa

Publicado 10/12/2017 23:08:13


A Penitenciária Regional Major Eldo de Sá Corrêa, mais conhecida como Mata Grande, em Rondonópolis, registrou uma tentativa de fuga em massa na madrugada deste domingo (10). Presos arrebentaram cerca de 22 cadeados que trancavam as celas e não fugiram porque a área externa estava reforçada com mais agentes prisionais do que o costume. Não houve confronto e ninguém se feriu.

 

De acordo com Jacilene Freitas, diretora do Sindicato dos Servidores Penitenciários de Mato Grosso (Sindspen) em Rondonópolis, o caso aconteceu em duas alas situadas no Raio 1 da penitenciária. Os presos utilizaram uma ferramenta rústica com ponta de metal para arrebentar os cadeados.

 

Depois que as celas foram destrancadas, eles chegaram a sair dos espaços, mas recuaram porque perceberam a quantidade adicional de agentes. Os profissionais estavam com fuzis e pistolas, as torres estavam com dois agentes, em vez de um, como o usual, e além disso os refletores estavam acessos.

 

“De imediato a visitação no presídio foi suspensa, até porque eles não podem receber pessoas sem um controle de acesso às celas, já que os cadeados estão sendo substituídos. Essa questão deve ser analisada pela direção e o prazo sem visita poderá até ser prorrogado, além de outras sanções que podem ocorrer”, explica Jacilene.

 

Além dos objetos utilizados para destrancar as grades, foram encontrados com os reeducandos alguns celulares. O presídio da Mata Grande tem três raios com quatro alas cada e cerca de 1,4 mil presos. O caso será investigado pela direção da unidade.

 

 

 

Fonte: Midia News

Publicidade Áudio

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE