Paranatinga, 16 de Outubro de 2018

Polícia

'Maior investida da polícia cearense contra facções', diz secretário sobre investigações da chacina

Policial | 31/01/2018 13:08:00


O Secretário da Segurança Pública do Ceará, André Costa, fez um balanço das investigações sobre a chacina no Bairro Cajazeiras nesta terça-feira (30), por meio de redes sociais. Ele afirmou que, além das seis pessoas presas suspeitas de participação, cinco armas foram apreendidas e um outro suspeito foi morto em confronto com a polícia. Ele disse que esta é maior investida da polícia cearense contra as facções.

"Não tenho dúvida alguma, ao conversar sobre o andamento das investigações com nossos policiais, que essa será a maior operação, a maior investida da polícia cearense contra as facções, pois todo crime deixa evidências que permitirão avançar nas investigações, e pela construção de uma maior integração com o Ministério Público e o Poder Judiciário".

Na madrugada do sábado (27), um grupo armado invadiu uma festa no Bairro Cajazeiras, em Fortaleza, disparando vários tiros e matando 14 pessoas, além de deixar vários feridos.

Um suspeito foi preso ainda no sábado, portando um fuzil, nas proximidades de onde o crime ocorreu. Outro homem foi morto na madrugada de domingo (28), em confronto com a polícia, no Bairro Boa Vista. Ele portava uma pistola calibre 9mm. Outros cinco homens foram presos durante um velório no domingo. Eles estavam armados com duas pistolas calibres .45 e 380, além de um revólver 38.

Na postagem, Costa afirmou que os policiais militares estão com foco no trabalho ostensivo para manter a ordem nas ruas e evitar situações semelhantes à ocorrida no Bairro Cajazeiras. "A intensidade das abordagens já gerou 34 armas apreendidas apenas em Fortaleza e Região Metropolitana de sábado até agora", escreveu.

 

 

Fonte: G1

Rádios

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE