Paranatinga, 19 de Setembro de 2018

Polícia

Homem que assassinou policial civil e deixou delegado gravemente ferido no RS é detido em VG

Várzea Grande | 12/02/2018 14:06:16


A Polícia Civil prendeu na sexta-feira de carnaval (9) em uma loja que comercializa extintores de incêndio na cidade de Várzea Grande, o foragido da justiça Douglas Faoro de Castro, condenado à seis anos e meio de prisão por ter assassinado um policial civil e deixado gravemente ferido um delegado no Rio Grande do Sul no ano de 2011.
De acordo com a Polícia Civil, o homem que estava sendo monitorado há alguns meses trabalhava no local no momento em que foi preso. Encaminhado a delegacia, ele confessou ter cometido o crime, declarando ter atirado nos dois policiais por não saber quem estava entrando na sua casa.

Douglas era investigado por tráfico de drogas em 2011 e uma equipe da Polícia Civil que esteve na sua residência no município de Caxias do Sul acabou sendo recebida por tiros disparados por ele. O investigador Luis Antonio Medeiros de Matos morreu e o delegado Marcelo Grolli ficou gravemente ferido após serem baleados.

Uma mulher que estava na residência também ficou ferida e morreu em seguida. O rapaz, com 23 anos na época foi detido e permaneceu preso até o ano de 2014, quando foi condenado à seis anos e meio e passou para o regime semiaberto. Ele fugiu em seguida.

Após passar por uma audiência de custódia no Fórum de Cuiabá, ele foi conduzido para a Penitenciária Central do Estado e deve ser transferido para uma unidade prisional do Rio Grande do Sul. 

 

 

Fonte: OLHAR DIRETO

Rádios

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE