Paranatinga, 15 de Outubro de 2018

Polícia

Funcionário mata fazendeira e o filho dela a tiros em Canarana

EM CANARANA | 27/12/2017 15:06:07


 

O funcionário de uma fazenda em Canarana, a 838 km de Cuiabá, foi preso nesta quarta-feira (27) suspeito de matar a patroa e o filho dela a tiros. Thiago Silva Pereira, de 28 anos, procurou a polícia para denunciar o crime contando uma versão distorcida do fato. Após averiguações, no entanto, ele confessou que havia matado as duas vítimas.

Os corpos de Wilma Morais Ferreira dos Santos, de 64 anos, e Edvaldo Ferreira dos Santos, de 48 anos e que tomava remédio controlado, foram encontrados em quartos na sede da Fazenda Rio Bonito. A Polícia Civil investiga o caso e a motivação do crime.

Segundo o boletim de ocorrência, Thiago procurou a polícia com uma pistola e munições intactas. Ele alegou que, na quarta-feira (26), estava com a patroa estariam realizando trabalho nas imediações da sede quando ouviram o barulho de um veículo. Em seguida, os dois teriam ido até o local para descobrir do que se tratava.

No caminho, de acordo com a versão contada pelo suspeito, eles ouviram disparos de arma de fogo. Thiago contou ainda pegou a arma da patroa que estava no carro dela. Nesse momento, Wilma teria seguido para a sede da fazenda.

O suspeito contou que quando entrou na sede avistou o neto da patroa com uma arma e disparou para se defender. Os disparos, no entanto, foram feitos sem direção precisa.

Após os tiros, Thiago contou que fugiu da fazenda no carro da patroa. No caminho, porém, ele se envolveu num acidente e capotou o veículo.

Depois que a polícia acionou os parentes das vítimas, Thiago confessou os crimes e apontou o local onde os corpos estavam. Wilma e o filho foram encontrados nos respectivos quartos na sede da fazenda.

A arma usada para o crime foi apreendida junto com dois celulares e munições. A motivação do crime ainda deve ser investigada.

 

Fonte: G1

Rádios

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE