Paranatinga, 15 de Outubro de 2018

Polícia

Bandido confessa crimes e diz que matou a mando de facção

4 MORTES EM VG | 05/10/2018 08:04:12


 

Um dos suspeitos de participar de uma tentativa de chacina e um duplo homicídio em Várzea Grande, Thalyson Thiago Taorda Oliveira, de 23 anos, confessou o crime à Polícia Civil, durante interrogatório na Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf-VG).

 

O crime ocorreu na manhã dessa quarta-feira (3). Na ocasião, um grupo de três pessoas invadiu uma residência no Bairro Água Limpa e matou dois homens, deixando outros dois feridos. Na mesma manhã, duas adolescentes foram encontradas mortas no Rio Cuiabá. 

 

O criminoso prestou depoimento à delegada titular da Derf, Elaine Fernandes da Silva, e confessou que os crimes foram motivados por rivalidade entre facções criminosas. Segundo ele, o grupo recebeu ordens de uma das lideranças.

 

O suspeito contou à delegada que os homens integravam uma facção criminosa rival e teriam cometido uma tentativa de homicídio na cidade de Tangará da Serra (a 242 km de Cuiabá) há cerca de 30 dias, contra um integrante da facção deles.

 

Questionado sobre a morte das adolescentes de 13 e 16 anos, Thalyson afirmou que as garotas eram namoradas de duas das vitimas - uma que morreu e outra que ficou ferida.

 

Leandro Trindade/TV Centro América

 

Duas adolescentes foram encontradas mortas no Rio Cuiabá na mesma manhã

Ele contou que na noite anterior havia sequestrado as menores - que estavam na rodoviária de Várzea Grande - e colocado-as dentro de um Sandero. Eles, então, obrigaram as adolescentes a indicarem a casa onde os rivais estavam. 

 

Pela manhã, eles foram até o local do crime, na Rua Miguel Leite, Centro de Várzea Grande e, encapuzados, tiraram o portão do trilho e invadiram a casa, surpreendendo as vítimas com dezenas de disparos de armas de fogo. No momento do ataque, os quatro alvos dormiam em um quarto.

 

Segundo o preso, os três somente pararam de atirar porque as munições acabaram e pensaram que todas as vítimas estavam mortas. As armas usadas são as que foram encontradas na posse dele.

 

Sobre a morte das adolescentes, o suspeito se recusou a informar as circunstâncias do duplo homicídio.

 

Identificação dos criminosos

 

Além de Thalyson, outros dois homens foram identificados pela Polícia Civil como autores das tentativas e dos homicídios.

 

"Acreditamos que, em um curto espaço de tempo, todos serão presos", disse a delegada.

 

Segundo informações da Polícia Civil, os suspeitos são considerados de alta periculosidade. Thalyson tem três condenações por roubo majorado que somam 17 anos de prisão, tendo sido colocado em liberdade em julho deste ano, mediante uso de tornozeleira eletrônica.

 

Os outros dois foragidos também possuem passagens pela polícia. 

 

Luiz Fernando tem cinco registros criminais por furtos, roubos, porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas. 

 

Já Donato Silva Nascimento é acusado de roubo em um frigorífico no dia 5 de setembro de 2018 e tem 11 registros de crimes, entre eles homicídio, tráfico de drogas, roubos e porte ilegal de arma de fogo.

 

 

Fonte: Mídia News

Rádios

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE