Paranatinga, 18 de Junho de 2018

Paranatinga

PARANATINGA : Homem que confessou ter matado menina de 9 anos após estupro e jogado corpo em lixão vai a júri

CASO KIMBERLY | 09/03/2018 14:57:23


Preso logo   após confessar ter matado e estuprado uma menina de 9 anos em Paranatinga, a 411 km de Cuiabá, vai a júri popular. O crime ocorreu em 2014 e o corpo da vítima foi encontrado no lixão do município. Jeverson Aparecido da Cruz, de 30 anos, foi quem levou a polícia até o local onde o corpo da menina foi deixado.

 

No processo, segundo o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), o réu alega que não teve dificuldade em levar a vítima até o local e estuprá-la.

 

Com medo de que a ela contasse a alguém, Jeverson a asfixiou até a morte. Ele responde pelos crimes de homicídios qualificado, asfixia, motivo torpe e meio cruel.

 

À época, a Polícia Civil afirmou que o réu costumava frequentar a casa da vítima e também estaria na residência dela no dia do crime.

 

Jeverson foi preso no mesmo dia, mas estava sem documentos pessoais e apresentou um nome falso. Ele foi solto e preso novamente após indícios o apontarem como o autor do crime.

 

Ele estava com os documentos e no nome verdadeiro dele constava uma passagem pelo crime de estupro cometido em Cuiabá.

 

 

Fonte: G1

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE