Paranatinga, 19 de Abril de 2019

Meio Ambiente

MEIO AMBIENTE

MT busca protagonismo na preservação do Meio Ambiente

Publicado 29/11/2016 20:07:08


O desafio é implementar políticas públicas sustentáveis, uma vez que não há dúvida da sustentabilidade brasileira na produção, pontuou o vice-governador Carlos Fávaro durante o Fórum Exame em São Paul

Durante o Fórum Exame Sustentabilidade 2016, o vice-governador e secretário de Estado de Meio Ambiente, Carlos Fávaro, afirmou ser consenso no setor produtivo a necessidade de implementação de políticas públicas sustentáveis. Para Fávaro, o Brasil já pode ser considerado como exemplo em produção com responsabilidade. O evento aconteceu na tarde de segunda-feira (28.11) no hotel Tivoli em São Paulo.

"Está provado por várias ações que é possível ter desenvolvimento sócio econômico preservando o meio ambiente, e Mato Grosso é um grande exemplo disso. Gigante em produtividade e na preservação. O grande desafio agora é achar a forma para implantar as políticas públicas sustentáveis", pontuou o vice-governador.

Citou como um bom exemplo de política pública, a iniciativa do Grupo Carrefour, adotada por Mato Grosso. A rede de supermercados só compra carne com selo de rastreabilidade do Instituto Mato-grossense de Carne (IMAC). Mato Grosso é atualmente o único estado brasileiro, e o sexto do mundo, que conta com um instituto responsável para atestar a qualidade da carne produzida.

A iniciativa coincide com a estratégia do Estado propõem: Produzir, Conversar e Incluir (PCI), construído com o apoio conjunto com ONGs e a inciativa privada e apresentada durante da COP 21, em Paris, na França.

Segundo Fávaro, Mato Grosso, em especial, está buscando um protagonismo com metas bastante audaciosas na produção sustentável. Uma vez que o governo do estado tem como foco o desmatamento ilegal zero até 2020, desafio anunciado pelo governador Pedro Taques durante a COP 21.

Lembrou que, neste contexto, Mato Grosso já conta com a redução de 19% do desmatamento de julho de 2015 a agosto de 2016, segundo dados da Secretaria de Meio Ambiente (Sema). Com 60% de área de preservação, o que equivale ao território da Grecia, Belgica, Reino Unido, uma das metas do estado e desafio é manter o índice.

Questionado por representante do Pará sobre as metas audaciosas assumidas pelo governador Pedro Taques visando a preservação do meio ambiente, Fávaro respondeu dizendo que é importante lembrar que não se brinca com populismo e meio ambiente. "Mato Grosso tem bom protagonismo em eleição. O próprio  número de redução de 19% no desmatamento mostra que há  uma conscientização do cidadão. E isso com certeza vai se refletir lá na frente em termos eleitorais.

Por fim, Fávaro pontuou duas importantes conquistas após a COP 21.  A instituição em 31 de março do Comitê Estadual da Estratégia: Produzir, Conservar e Incluir – PCI. Além da criação do Instituto Mato-grossense da Carne - IMAC.

Metas PCI

O eixo Produzir tem como meta aumentar a eficiência da produção agropecuária: expandir a área de grãos em área de pastagem; duplicar a produtividade da pecuária; triplicar a produção florestal; substituir 6 milhões de ha de pastagens degradadas por cultivos de alta produtividade.

O Conservar tem como foco principal aumentar o controle sobre o desmatamento: reduzir o desmatamento em 90% na floresta e 95% no cerrado; manter 60% da cobertura vegetal nativa; eliminar o desmatamento ilegal até 2020; recuperar 2,7 milhões de hectares de APP e RL; compensar 1 milhão de hectares de áreas passíveis de desmatamento.

E o terceiro eixo, Incluir, irá quintuplicar a renda bruta da agricultura familiar, com o acesso universal à assistência técnica e à regularização fundiária.

Representatividade

Mato Grosso é Gigante na produção de Energia: mais de 12 mil MW; Maior produtor de Soja, de Algodão representando 59% do algodão do Brasil; de Carne Bovina: 29 milhões de cabeças de gado; responsável por 15% do pescado de água doce do Brasil; 3º maior em biodiesel; responsável por 88% do diamante e 65% do girassol do Brasil.

Foto: Fabio Rizzato - Biofoto

 

Fonte: Assessoria

Publicidade Áudio

Enquete

Prefeitura e Câmara de Paranatinga lança Consulta Pública - UNEMAT

ADMINISTRAÇÃO

AGRONOMIA

PEDAGOGIA

TURISMO

CIENCIA DA COMPUTAÇÃO

CIÊNCIAS ECONÔMICAS

ENGENHARIA CIVIL

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

ENGENHARIA ELÉTRICA

FISICA

JORNALISMO

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

ARQUITETURA E URBANISMO

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

EDUCAÇÃO FÍSICA

ENGENHARIA DE ALIMENTOS AGROINDUSTRIAL

ENGENHARIA FLORESTAL

GEOGRAFIA

LETRAS

QUIMICA

SOCIOLOGIA

ZOOTECNIA

AGROECOLOGIA

ARTES VISUAIS

CIÊNCIAS

ENFERMAGEM

FILOSOFIA

HISTÓRIA

MATEMÁTICA

SISTEMAS

TEATRO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE