Paranatinga, 19 de Abril de 2019

Meio Ambiente

MEIO AMBIENTE

MP pede veto a projeto que flexibiliza distância de indústrias dos rios em MT

Publicado 19/07/2016 17:47:40


Um projeto de lei complementar aprovado pela Assembleia Legislativa pode diminuir a distância da atividade industrial em relação aos rios de Mato Grosso. Aprovado no dia 12 de julho, o PL prevê ainda a dispensa da necessidade de estudos de impacto ambiental para usinas de produção de álcool e açúcar. O Ministério Público notificou o estado para que vete integralmente a propositura, que afirma que foi feita para beneficiar uma indústria de mineração que deve se instalar em Aripuanã, a 976 km de Cuiabá.

O projeto de lei é do deputado estadual Dilmar Dal'Bosco (DEM). Por meio de nota enviada ao G1, ele negou que o projeto tenha como finalidade favorecer somente uma empresa, que o objetivo da propositura é compatibilizar o licenciamento ambiental com as novas tecnologias e que não fez a proposta para tentar reduzir o controle ambiental.

O projeto de lei diz que quando um projeto de atividade industrial indicar que não há risco para os recursos hídricos, a distância mínima poderá ser diminuída na análise do processo  de licenciamento ambiental, mas não estabelece de quanto seria essa redução. Conforme o texto, a faixa de preservação permanente deverá ser respeitada.

 

O projeto de lei complementar também flexibiliza trâmites ambientais em relação a usinas de produção de álcool e açúcar, porque dispensa a necessidade de estudo e relatório de impacto ambiental para reforma de prédios ou para o aumento na produção, desde que impliquem em capacidade de moagem inferior a 200 mil toneladas por ano.A distância mínima em relação à faixa de preservação permanente é de 200 metros em área rural e 100 metros para urbana, no caso de indústrias ou depósitos de substâncias perigosas, informou a Secretaria de Meio Ambiente. 

Críticas
O Ministério Público classificou a lei aprovada como um retrocesso na legislação ambiental e recomendou ao governador Pedro Taques (PSDB) que vete o projeto integralmente. Para o MPE, a legislação é inconstitucional porque viola o objetivo de tutela do meio ambiente e a norma constitucional estadual.

Conforme o Ministério Público, a lei suprimiu a expressão 'cana-de-açúcar', o que pode beneficiar outros empreendimentos que também produzem álcool e açúcar, mas a partir de outros produtos, como o milho.

O MPE afirma que a aprovação da lei, em relação à flexibilização da distância, ocorreu para beneficiar um empreendimento de mineração de grande porte que pretende se instalar no estado. E diz que há necessidade de intensificar os mecanismos de controle e proteção, legais ou administrativos, para preservar os recursos hídricos.

Uma das promotoras a assinar a notificação é Ana Luiza Peterlini, que comandou a Secretaria de Meio Ambiente até meados deste ano, mas deixou a pasta por causa do entendimento do STF que membros do MP não devem acumular cargos no Poder Executivo.

Outro lado

Por meio de nota enviada, o deputado Dilmar Dal'Bosco disse que o projeto foi elaborado por causa de reclamações de setores produtivos sobre o enrijecimento da lei que não permite tratamento diferenciado para as indústrias que tenham processos de controle ambiental mais eficientes, já que a redação original da lei tem mais de 20 anos.

“A proposta evidencia que o licenciamento ambiental continuará sendo conduzido de modo a compatibilizar a atividade econômica com a conservação ambiental, tendo a possibilidade de considerar as inovações tecnológicas que trazem processos de controle ambiental mais modernos. O intuito é incentivar o investimento em linhas inovadoras, que imponham menos risco ao meio ambiente”, disse o deputado na nota.

 

Fonte: G1 MT

Publicidade Áudio

Enquete

Prefeitura e Câmara de Paranatinga lança Consulta Pública - UNEMAT

ADMINISTRAÇÃO

AGRONOMIA

PEDAGOGIA

TURISMO

CIENCIA DA COMPUTAÇÃO

CIÊNCIAS ECONÔMICAS

ENGENHARIA CIVIL

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

ENGENHARIA ELÉTRICA

FISICA

JORNALISMO

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

ARQUITETURA E URBANISMO

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

EDUCAÇÃO FÍSICA

ENGENHARIA DE ALIMENTOS AGROINDUSTRIAL

ENGENHARIA FLORESTAL

GEOGRAFIA

LETRAS

QUIMICA

SOCIOLOGIA

ZOOTECNIA

AGROECOLOGIA

ARTES VISUAIS

CIÊNCIAS

ENFERMAGEM

FILOSOFIA

HISTÓRIA

MATEMÁTICA

SISTEMAS

TEATRO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE