Paranatinga, 18 de Novembro de 2017

Meio Ambiente

Entre empresários e produtores rurais, Fávaro destaca qualidade da carne e controle sanitário

CONTROLE SANITÁRIO | 10/04/2017 17:42:21


Durante a abertura da 10ª edição da Parecis SuperAgro em Campo Novo do Parecis (420 km de Cuiabá), considerada uma das principais feiras de agronegócio do país, o vice-governador Carlos Fávaro destacou a qualidade da carne mato-grossense, o rigoroso controle sanitário do país e a importância do combate  à corrupção.

 

“O Brasil é um exemplo no que se refere à Vigilância Sanitária. Já são 102 anos de atuação que não podem ser desconsiderados por conta de atos de corrupção. Os crimes devem ser investigados e os culpados responsabilizados. A carne brasileira é forte, tem qualidade e isso está comprovado", ressalta. 

 

Segundo ele, o setor produtivo passa por momentos difíceis na atual safra, mas as dificuldades devem ser superadas. “Conheço a realidade do setor produtivo porque como produtor rural, também já enfrentei muitos desafios, entretanto, não podemos falar somente das adversidades. A feira é uma grande oportunidade para discutir com as lideranças e conhecer novas possibilidades para que o setor avance".

 

Em relação à gestão do governo, Fávaro afirmou que os dois primeiros anos foram focados na recuperação da saúde financeira do estado. "A crise ainda não está superada e é fundamental conter a elevação dos gastos públicos. Teremos enfrentamentos difíceis e precisaremos do apoio da população”, enfatizou.

 

O secretário de Infraestrutura e Desenvolvimento do Estado, Marcelo Duarte, que também participou da abertura do evento, agradeceu o apoio que tem recebido do vice-governador. "O Fávaro tem sido o meu mentor, sempre me orientando e me conectando com as necessidades do setor produtivo e sociedade".

 

De acordo com o secretário, apesar das dificuldades, o estado tem trabalhado para atender todas as questões que envolvem a infraestrutura. “Dos 718 km restaurados pela atual gestão, cerca de 200 km foi no Chapadão do Parecis, umas das regiões mais contempladas e, cientes da necessidade, daremos início aos estudos para a construção do aeroporto de Campo Novo dos Parecis”.

 

A presidente da Feira e também do Sindicato Rural do município, Giovana Velke, comentou sobre o desafio de chegar a 10ª edição do evento. "São dez anos de pioneirismo e, hoje, constatamos a consolidação de um grande sonho. E essa realização somente foi possível graças ao trabalho dos nossos pioneiros e aos sucessores que não mediram esforços para a sua concretização”.

 

Também participaram da abertura os senadores José Medeiros e Cidinho Santos, o deputado federal Nilson Leitão, os deputados estaduais: Nininho e Wagner Ramos, além dos presidentes da Associação dos produtores de Soja e Milho de MT (Aprosoja), Endrigo Dalcin, da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), Alexandre Schenkel, e da Federação da Agricultura e Pecuária de MT (Famato), Normando Corral.

 

SEMA

 

Durante a solenidade, Fávaro também destacou o apoio de todos os produtores para a contratação da consultoria Falconi, que teve participação decisiva nas melhorias feitas na Secretaria de Meio Ambiente (Sema) ao implantar ferramentas de gestão que contribuíram com a organização.

 

Outro avanço na instituição foi a redução do tempo de resposta ao licenciamento ambiental de 272 para 163 dias em 2016, ou seja, 40% a menos que no ano de 2015. Houve ainda um aumento de 36% no número de processos de licenciamento ambiental emitidos de janeiro a dezembro. Em 2016, foram finalizados 6.060 processos, frente aos 4.445 de 2015.

 

"Nossa meta é que o estado continue produzindo com sustentabilidade. Neste ano, estamos avançando com o licenciamento digital. E a retomada da autonomia do Cadastro Ambienta Rural (CAR) por Mato Grosso”.

 

EXPEDIÇÃO PRÓ-ESTRADAS

 

No período da tarde, Fávaro lidera a comitiva da Expedição Pró-Estradas do governo de Mato Grosso, que realizará vistorias nas rodovias da região Norte do estado. A comitiva sai de Campo Novo dos Parecis e segue para os municípios de Brasnorte, Juara e finaliza em Alta Floresta.

 

Entre os dias 10 e 11 (segunda e terça-feira), a Expedição percorrerá cerca de 700 quilômetros de rodovias estaduais. O objetivo é verificar in loco o andamento das obras e discutir ações na área de infraestrutura com o setor produtivo e sociedade em geral.

 

Fonte: Durcy Arévalo | Vice-governadoria

FACEBOOK