Paranatinga, 16 de Janeiro de 2019

Mato Grosso

GESTÃO MENDES

Viana: se Pivetta não for aproveitado, pode haver rompimento

Publicado 23/11/2018 10:15:55


O deputado estadual Zeca Viana, presidente do PDT em Mato Grosso, afirmou que se o vice-governador eleito Otaviano Pivetta (PDT) não tiver um espaço na gestão Mauro Mendes (DEM) poderá romper com o democrata. Segundo ele, o correligionário está ficando "sozinho" no grupo político. 

 

Em entrevista à rádio Capital FM, na manhã desta quinta-feira (22), Zeca disse ver Pivetta “desanimado” e que já conversou com Mendes para que dê uma função para o vice no próximo Governo.

 

“Vejo certo desanimo no Pivetta. Ele é uma pessoa que tem um conhecimento administrativo fantástico, tem uma seriedade indiscutível e está ficando sozinho. E ele não gosta disso. Se ele ver que não está sendo aproveitado, pode haver um descontentamento, ficar uma situação desconfortável com o governador”, disse.

 

Segundo ele, Pivetta chegou a resistir ao convite de ser vice, mas aceitou pela amizade com Mendes. Zeca acredita que o aliado tem experiência suficiente para comandar um setor do Executivo. Pivetta foi prefeito de Lucas do Rio Verde três vezes.

 

Alair Ribeiro/MidiaNews

 

Zeca Viana: "Vejo certo desanimo no Pivetta. Ele é uma pessoa que tem um conhecimento administrativo fantástico e está ficando sozinho"

“Ele não quer ser privilegiado na estrutura, quer ter espaço para impor suas ideias e conhecimentos. Isso o Mauro precisa entender e abrir o jogo logo, porque ele não vai deixar o nome dele para um governo que não estiver no caminho correto. Se ele não tiver espaço para praticar suas ideias, vai ter dificuldade de continuar com o governo”, afirmou Zeca.

 

“Uma pessoa do gabarito do Pivetta não pode fazer parte de um governo só para preencher vaga. Tem que fazer parte do governo praticando suas ideias e fazendo com que ações aconteçam dentro daquilo que é a prerrogativa dele”, disse.

 

Déjà vu

 

Assim como na campanha de Mendes, este ano, em 2014, Pivetta foi um dos coordenadores de Pedro Taques (PSDB). Depois, por divergências, eles romperam.

 

Questionado se acredita na possibilidade de acontecer o mesmo com Mendes, Zeca disse não descartar.

 

“Ele é muito amigo do Mauro, muito próximo, não acredito que isso venha a acontecer porque o Mauro não é um suicida de deixar isso acontecer. Mas não descarto essa possibilidade. Esse risco existe e cada um sabe o caminho que quer trilhar. Nós elegemos o Mauro Mendes com a grande expectativa de ele fazer aquilo que o Pedro Taques não fez”, resumiu.

 

 

Fonte: Mídia News

Publicidade Áudio

Enquete

Qual obra é mais importante para Paranatinga em 2019.

SAÚDE

PRAÇA CENTRAL

ASFALTO

ILUMINAÇÃO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE