Paranatinga, 11 de Abril de 2021

Mato Grosso

Suplente diz que irá propor redução de V.I: “É hora de abrir mão”

Publicado 29/03/2021 08:51:31


A suplente de vereadora Maysa Leão (Cidadania) defendeu que os agentes políticos devem abrir mão de suas verbas indenizatórias e usar esses recursos para mitigar as consequências sociais da pandemia do novo coronavírus, a Covid-19.

 

Maysa irá assumir uma cadeira na Câmara de Cuiabá no dia 6 de abril, no lugar do vereador Diego Guimarães (Cidadania). Ele vai tirar 30 dias de licença médica para realizar uma cirurgia ortopédica. 

 

Ela afirmou que assim que assumir, irá propor um projeto sobre as V.Is na Câmara. 

 

Atualmente, os vereadores de Cuiabá recebem R$ 18 mil de verba indenizatória e mais o salário de R$ 15 mil.

 

 

É hora de abrir mão, enxugar gastos e ser mais contido, transferir renda com urgência para quem precisa

“Eu pretendo fazer uma proposição, porque é o momento em que temos que abrir mão de algumas coisas. Mas é preciso dizer que a verba indenizatória é necessária para o exercício do cargo, o vereador precisa dela”, disse a suplente.

 

“Muitas vezes, nós achamos absurdo, mas quando você vê o operacional entende que ela foi criada por uma razão”, acrescentou.

 

A suplente se disse favorável a projetos de transferência de renda para população pobre e que está sendo afetada economicamente por conta da pandemia.

 

“É hora de abrir mão, enxugar gastos e ser mais contido, transferir renda com urgência para quem precisa. A gente pede à população fique em casa, mantenha o distanciamento e eu não vejo os gestores fazendo o máximo que pode. Temos que nos sacrificar também”, completou. 

 

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE