Paranatinga, 21 de Maio de 2019

Mato Grosso

QUITAÇÃO DA FOLHA

Salário deve ser pago no dia 10, com parcelas iguais a servidores

Publicado 28/01/2019 12:34:48


REDAÇÃO

O governador Mauro Mendes (DEM) afirmou que deve pagar os vencimentos do mês janeiro aos servidores do Estado de forma parcelada.

 

A primeira parcela será paga no dia 10 de fevereiro, de forma que todos o funcionalismo público venha a receber. O volume do pagamento está condicionado ao dinheiro que estará nos cofres do Estado.

 

“A intenção é pagar o mesmo valor que o caixa permite no dia 10 para 100% dos servidores, e gradativamente, assim que o caixa permitir ir complementando ao longo do mês”, disse o governador.

 

O valor para a parcela mínima salarial deverá ser divulgada apenas no início do mês de fevereiro, quando a arrecadação do mês de janeiro deverá ser fechada.

 

De acordo com o secretário de Fazenda, Rogério Gallo, a compreensão do governo é de que o melhor é de que todos recebam – mesmo que de maneira parcelada. 

 

“A decisão foi tomada de fazer esse escalonamento, pagando aquilo que se tem no caixa no dia 10. Divide pela quantidade de servidores e paga uma fatia para todos os servidores”, disse o secretário. 

 

 

A intenção é pagar o mesmo valor que o caixa permite no dia 10 para 100% dos servidores, e gradativamente, assim que o caixa permitir ir complementando ao longo do mês

Os salários referentes ao mês de dezembro, pagos em janeiro, estão sendo pagos de maneira parceladas. A primeira parcela ocorreu no dia 10 de janeiro, para servidores que recebem até R$ 4mil.

 

A segunda, paga no dia 24 de janeiro, para servidores que ganham acima de R$ 4 mil e menos que R$ 6 mil líquidos. E por fim, no dia 30 de janeiro, ocorrerá o pagamento de todos os demais, que ganham acima de R$ 6 mil.

 

“Nós só não fizemos isso no mês de janeiro porque os sistemas de folha e de pagamentos na Secretaria de Fazenda não permitiam, em um curto espaço de tempo essa mudança. Eu solicitei aos setores responsáveis tanto da gestão de folha quanto da Fazenda que tomassem as providências necessárias para que no próximo mês nós tenhamos uma alteração”, afirmou o governador. 

 

Orçamento de janeiro

 

Conforme o governador o Estado terá no mês de janeiro um déficit orçamentário entre R$ 120 milhões e R$ 150 milhões. Para os próximos meses, o rombo pode ser ainda maior.

 

“Fevereiro não será um mês fácil, março pior ainda. Porque teremos que pagar R$ 140 milhões ao Bank Of America, e é impossível não pagar”, aponta. 

 

A projeção do Executivo é de que, com as medidas aprovadas, as finanças do Estado estejam equilibradas em dois anos.

 

 

 

Fonte: Mídia News

Publicidade Áudio

Enquete

Você acredita que governo de MT retomará obras de asfalto da MT 130 em 2019 atá a Sete Placas?

SIM

NÃO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE