Paranatinga, 22 de Maio de 2018

Mato Grosso

“Ele diz que a oposição é corrupta, mas não olha ao seu redor"

REBATEU TAQUES | 06/03/2018 15:56:20


A deputada estadual Janaina Riva (MDB) rebateu as críticas feita pelo governador Pedro Taques (PSDB) à oposição. No último sabado (3), durante a Caravana da Transformação, em Cáceres, o governador chamou a oposição de "fracassada".

 

“Não faço esquemas, como aqueles que querem que a nossa administração seja igual a administração passada. Vão reclamar a vontade, porque são fracassados. Não conseguem fazer uma coisa que preste e só reclamam", afirmou Taques (leia mais AQUI).

 

Nesta terça-feira (6), a deputada disse que o governador não mede esforços para apontar o dedo em relação a erros cometidos por seus opositores, mas não tem a mesma postura quando se trata de falhas de seus aliados.

 

“Ser chamada de fracassada por um governo fracassado como esse chega a ser um elogio. Não tem nada hoje mais fracassado que a gestão do Taques. Nem sei por que ele se preocupa tanto com a oposição, já que diz que a oposição é tão fracassada”, disse em entrevista à Rádio Capital FM.

 

“Ele disse dias atrás que a oposição é corrupta, mas fala sem olhar ao redor dele. Hoje, não tem nenhum deputado da oposição citado em delação alguma. Ao contrário dele, que teve primo preso, ex-tesoureiro preso. Se tem alguém hoje que não pode falar de corrupção ou de fracasso é o governador Pedro Taques”, afirmou.

 

 

Se tem alguém hoje que não pode falar de corrupção ou de fracasso é o governador Pedro Taques

Ela citou casos recentes de corrupção envolvendo a atual gestão, como o esquema de pagamento de propina e lavagem de dinheiro operado no Detran-MT, desbaratado na Operação Bereré.

 

Embora firmado em 2009, o contrato com a EIG Mercados ainda é mantido pelo governador. Segundo Taques, já houve por parte do Executivo uma tentativa de rescisão que esbarrou numa multa contratual de R$ 100 milhões.

 

O argumento, no entanto, foi rebatido pela deputada oposicionista. "O governador nunca se preocupou com multa, nem com ação judicial. Porque outras situações ele enfrentou juridicamente e essa não?”.

 

“Como neste caso, ele também não tomou nenhuma atitude com outras empresas citadas na delação do ex-governador Silval. Ele não tomou atitude nenhuma em relação à Três Irmãos Engenharia (da família do secretário de Estado Carlos Avalone), por exemplo. Tem secretário dele que faz parte da empresa. Aí vem o governador dizer que não tomou atitude por causa de multa? Ah, por favor. Tenha santa paciência. É chamar oposição de idiota”, disse.

 

Defesa do pai

 

Ainda durante a entrevista, a deputada também saiu em defesa de seu pai, o ex-deputado Jose Riva, que foi alvo de cutucadas por parte do governador.

 

Na última semana, ao comentar a soltura do ex-bicheiro Joao Arcanjo Ribeiro, Taques disse que a Justiça precisa dar andamento aos processos que envolvem José Riva.

 

“Quando meu pai entrou na Assembleia, ele foi primeiro-secretário junto com deputado Gilmar Fabris, que foi presidente, e hoje é braço-direito do Taques, e a pessoa que mais o defende. O Fabris está na mesma situação do meu pai nessa denúncia. O governador tinha que se preocupar primeiro com o quintal dele e depois dos outros. Ele gosta de apontar o dedo para as outras pessoas, mas quando é alguém relacionado a ele ele foge da sua obrigação”, disparou a deputada.

 

“Que o governador seja tão homem quanto meu pai e assuma publicamente que ele não tem condições de fazer uma gestão boa o suficiente para a população. Ele vai ficar a gestão inteira culpando aquilo que ficou pra trás. Ao invés de se preocupar com Arcanjo, com Riva, ou quem quer que seja, ele devia se preocupar com a saúde do Estado e com as mazelas que ele está deixando aí e deixar o restante para o judiciário”, concluiu.

 

Fonte: Midia News

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE