Paranatinga, 21 de Setembro de 2019

Geral

CELA ESPECIAL

Produtor Rural que matou engenheiro agrônomo consegue direito a cela especial

Publicado 14/03/2019 17:50:14


 

O juiz da comarca de Porto dos Gaúchos acatou parcialmente o pedido da defesa do produtor rural Paulo Faruk de Moraes de 61 anos, e concedeu direito de detenção em cela especial.

De início, a defesa do réu tinha requerido prisão especial no Centro de Custódia de Cuiabá, e que ele aguardasse a decisão recolhido no Batalhão da Polícia Militar de Juara, diante da inexistência de cela especial na Cadeia Pública de Porto dos Gaúchos.

O pedido foi baseado no fato de que Faruk já exerceu a função de jurado em tribunais de júri em Nova Mutum-MT.

Na decisão, o magistrado acolheu parcialmente o pedido da defesa, e concedeu ao réu o direito de prisão especial tão somente em cela distinta daquelas destinadas aos presos comuns, mas manteve o cárcere na unidade prisional de Porto dos Gaúchos.

– Não há motivo que justifique o recolhimento de preso comum a quartel das Forças Armadas. Desta feita, em respeito ao decidido em audiência de custódia mantenho o deferimento de prisão especial ao representado Paulo Faruk de Morais, a ser executada, nos termos e fundamentos desta decisão, em cela separada da unidade prisional desta comarca de Porto dos Gaúchos- diz trecho da decisão.

O Produtor rural de 61 anos, está preso deste o dia 21 de fevereiro pelo assassinato do engenheiro agrônomo e representante comercial Silas Henrique Palmieri Maia de 33 anos, ocorrido no distrito de Novo Paraná em Porto dos Gaúchos no dia 19 de fevereiro/2019.

 

Fonte: Nortao Notícias

Publicidade Áudio

Enquete

Você é a favor ou contra privatização da MT 130 entre Primavera do Leste a Paranatinga

A FAVOR

CONTRA

INDEFINIDO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE