Paranatinga, 11 de Dezembro de 2017

Geral

Policial baleado em resgate passa por cirurgia; estado é grave

SEUQESTRO DE EMPRESARIA | 18/11/2017 14:11:51


O policial Civil Sidney Ribeiro dos Santos, que foi baleado no rosto em confronto com bandidos, passou por uma cirurgia na madrugada deste sábado (18). 

 

Ele foi levado para o Hospital e Pronto Socorro de Cuiabá, onde foi feita a retirada do projétil. 

 

De acordo com a assessoria de imprensa do Pronto Socorro, o policial está estável, porém com o estado de saúde considerado grave.  

 

O agente estava em operação para resgatar a empresária Milene Falcão Eubank, sequestrada no início da noite dessa sexta-feira (17).  Ele é locado na Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (DERRFVA) que atuou na ação.

 

Nas diligências em busca da empresária, já resgatada no início desta manhã, policiais e bandidos entraram em confronto e Sidney acabou gravemente ferido após ser baleado entre o olho e o nariz.

 

Ao chegar ao Pronto Socorro, o policial foi imediatamente encaminhado para a sala de neurocirurgia e passou pelo procedimento de retirada do projétil.

 

Segundo informações do delegado Vitor Hugo Bruzulato, o projétil atingiu o rosto e se alojou na cervical de Sidney.

 

O hospital disse que o policial está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e deve ficar em observação pelas próximas 48h.

 

O caso

 

A empresária Milene Falcão Eubank foi sequestrada enquanto buscava o filho em uma escola no bairro Quilombo, em Cuiabá, no início da noite de sexta-feira (17). Ela foi resgatada após 12 horas de cárcere privado no bairro Centro América.

 

Conforme a polícia, o sequestro ocorreu após um veículo com cinco suspeitos se aproximar do Hyundai Santa Fé, de cor branca, da empresária. Dois homens desceram do carro, abordaram Milene e saíram com o carro da vítima, com ela junto.

 

O delegado Vitor Hugo relatou que, inicialmente, os bandidos tentaram roubar apenas o veículo, porém perceberam que a vítima poderia oferecer mais. “Eles perceberam o poder aquisitivo e começaram a fazer a extorsão”, afirmou.

 

Fonte: Midia News

FACEBOOK