Paranatinga, 22 de Novembro de 2017

Geral

PF realiza nova fase da Ararath e cumpre mandado para apurar desvios de R$ 500 milhões

| 22/07/2015


Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

PF realiza nova fase da Ararath e cumpre mandado para apurar desvios de R$ 500 milhões
A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (22) mais uma fase da Operação Ararath. Dois mandados de busca e apreensão foram expedidos, mas apenas um foi cumprido, em Cuiabá. Quatro agentes, sob comando da delegada Heloisa Albuquerque, executaram determinação do magistrado Jeferson Schneider, da 5ª vara em Mato Grosso. Segundo nota enviada à imprensa, cerca de 10 folhas de papel considerados relevantes à investigação sofreram apreensão.

A Operação Ararath apura um complexo esquema de lavagem de dinheiro - cuja estimativa de movimentação ultrapassa R$ 500 milhões – para o ‘financiamento’ de interesses políticos no Estado. Uma lista apreendida pela PF aponta que pelo menos 70 empresas utilizaram ‘recursos’ oriundos de esquemas fraudulentos de empréstimos. 

Os levantamento do MPF resultaram em sete denúncias criminais na Justiça Federal. Em todos os autos o ex-secretário de Fazenda Eder Moraes Dias é arrolado como réu. As investigações apontam que Moraes seria um pilar do esquema, fazendo a interlocução entre Junior Mendonça – delator e suposto financiador - e a classe política. 

Até esta nova fase da operação, o ex-secretário figurava como único detido. Moraes retornou à cadeia, no dia 1º de abril, após averiguações sobre supostas operações imobiliárias fraudulentas, com valores inferiores aos praticados no mercado, sempre em nome de terceiros (laranjas), com o notório intuito de ocultar a real propriedade e impedir o cumprimento de decisão judicial de sequestro/arresto de bens.
 
olhar direto

Fonte:

FACEBOOK