Paranatinga, 15 de Dezembro de 2018

Geral

Ex-cabo Hércules

Ex-cabo Hércules chega a Cuiabá e é encaminhado à Penitenciária Central

Publicado 30/03/2018 10:16:12


O ex-cabo da Polícia Militar, Hércules de Araújo Agostinho, chegou a Cuiabá na noite desta quinta-feira (29), vindo da Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte. Equipes da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) atuaram na transferência de Hércules para a Penitenciária Central do Estado.
 
De acordo com informações da Sejudh, por volta das 22h desta quinta-feira o ex-PM chegou a Mato Grosso no Aeroporto Internacional Marechal Rondon. Hércules cumpria pena na Unidade Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

Ele foi conduzido em escolta por equipes do Serviço de Operações Penitenciárias Especiais (SOE) da Sejudh para a Penitenciária Central do Estado, onde permanecerá custodiado.
 
Executor

Hércules foi condenado, entre outros crimes, por ser o executor do empresário Domingos Sávio Brandão de Lima Júnior, proprietário do Jornal Folha do Estado, morto a tiros em 2002, a mando de João Arcanjo Ribeiro. Ele foi julgado e condenado em 2010.

Entre os indícios que levaram à condenação de Hércules estão três confissões semelhantes feitas pelo réu e a reconstituição espontânea também por ele realizada algum tempo após ser preso. Na reconstituição, o ex-cabo mostrou entre outras provas, como empreendeu fuga após cometer os homicídios e onde recebeu o dinheiro pago pelas mortes. As testemunhas arroladas na época confirmaram os mesmos fatos reconstituídos por Hércules.

Apesar das confissões e da reconstituição, durante o interrogatório, Hércules negou ser o autor dos homicídios e afirmou que só confessou os crimes quando foi preso, em 2003, obrigado pelos delegados que presidiram o inquérito na época, Henrique Meneguello e Jales Batista, além do promotor Mauro Zaque de Jesus. 
 

Fonte: OLHAR DIRETO

Publicidade Áudio

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE