Paranatinga, 24 de Abril de 2018

Geral

Avião decola em cidade de MT e desaparece com família

MISTÉRIO NO AR | 10/12/2017 12:07:38


Um avião monomotor desapareceu na manhã de sábado (9), após decolar de uma fazenda em Colniza (1.065 km de Cuiabá) em direção a Juara (690 km da Capital). Na aeronave havia três pessoas da mesma família.

 

Conforme o Corpo de Bombeiros, o veículo decolou às 10h e deveria chegar a Juara por volta das 11h15. No entanto, até a manhã deste domingo (10) o avião permanece desaparecido.

 

A aeronave, cujo modelo é Paradise P1, era pilotada pelo pecuarista Leandro Ferreira Pascoal, que levava a esposa, Franciele Riceto Pascoal, e o filho do casal, Felipe Pascoal, de um ano.

 

O produtor rural Fábio Pascoal, irmão de Leandro, disse que o piloto tinha permissão para conduzir a aeronave e costumava realizar vôos todos os meses.

 

“O avião é do meu irmão, ele tinha licença para pilotar, tinha experiência de quatro anos e comprou a aeronave justamente para fazer essas viagens entre os municípios. Ele sempre vinha de Colniza, onde temos uma propriedade rural, para Juara”, disse ao MidiaNews.

 

Conforme Fábio, o irmão chegou a se comunicar com ele durante o voo de sábado, por volta das 10h30. Leandro teria informado que a aeronave estava passando pelo município de Juruena (880 km de Cuiabá).

 

 

Ele falou para a gente que em meia-hora, mais ou menos, chegaria a Juara. Então nós fomos para o aeroporto

“Ele falou para a gente que em meia hora, mais ou menos, chegaria a Juara. Então nós fomos para o aeroporto e ficamos esperando, mas ele não chegou”, contou.

 

O irmão do piloto relatou que a família ficou esperando a chegada do avião até cerca de meio-dia, quando passou a se preocupar com o atraso.

 

“Ficamos desesperados. Já registramos boletim de ocorrência, comunicamos a Polícia Civil, o Corpo de Bombeiros e todas as entidades que podem nos auxiliar”, declarou.

 

Clima

 

No momento em que o avião decolou de Colniza, o tempo era considerado bom e sem nuvens carregadas. Porém, durante o trajeto, o piloto teria passado por uma área em que havia pancadas de chuva.

 

Logo após o desaparecimento, amigos do piloto chegaram a sobrevoar a região em busca da aeronave. Porém, não foi localizado nenhum indício do avião.

 

“O tempo ficou fechado e choveu muito, então dificultou as buscas e algumas aeronaves não conseguiram decolar para ajudar”, disse o Capitão Adailton Luz de Souza, do Corpo de Bombeiros de Juína.

 

Segundo o capitão, foram encaminhados comunicados, por meio de programa de rádio, ainda no sábado. Contudo, não houve nenhuma resposta sobre o sumiço da aeronave.

 

“Mandamos o comunicado ontem, para ver se alguém tinha visto ou ouvido algo, mas não tivemos nenhuma resposta até agora”, pontuou.

 

“O que sabemos é que o avião não mudou de trajeto, mas não sabemos o que aconteceu”, completou.

 

Buscas

 

Na manhã deste domingo (10), um helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) iniciou as buscas pela aeronave.

 

“Eles estão procurando por todo o trajeto por onde o monomotor teria passado”, explicou Fábio Pascoal.

 

Uma equipe da Força Aérea Brasileira (FAB) também foi chamada para auxiliar nas buscas.

  

Até o fechamento desta reportagem, não havia nenhum indício sobre o destino da aeronave desaparecida.

 

 

Fonte: Midia News

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE