Paranatinga, 11 de Dezembro de 2018

Esportes

Sorteio da CBF gera nova polêmica, agora com o Cruzeiro

COPA DO BRASIL 2018 | 08/10/2018 00:25:29


 

Pelas redes sociais, torcedores do Cruzeiro estão questionando o sorteio realizado na tarde dessa quinta (27) na sede da CBF, no Rio, que definiu a ordem dos dois jogos da final da Copa do Brasil. Pelo que ficou determinado, o Corinthians vai fazer a segunda partida em seu estádio, em Itaquera.

 

A reclamação dos cruzeirenses ganhou dimensão após a exibição de vídeo no qual uma auxiliadora de palco exibe uma bolinha com o escudo do time paulista, quando estava em jogo quem decidiria a Copa do Brasil em casa. A moça mexe várias bolinhas colocadas num globo, mas aparentemente não tira do lugar a bolinha que está no meio de todas. E é exatamente essa que vai ser recolhida por ela.

 

“Uma vergonha”, “jogo de cartas marcadas”, “um escândalo”. Desse modo, e muitas vezes com palavras ofensivas, vários torcedores do Cruzeiro começaram a protestar tão logo assistiram ao vídeo. Vale lembrar que, sob o comando de Mano Menezes, o Cruzeiro disputou 14 partidas de mata-mata (ou de decisão de título) com o segundo jogo em casa e vencendo todos.

 

CBF não deve se manifestar sobre o caso. Por enquanto, Cruzeiro e Corinthians, oficialmente, também não deram repercussão aos protestos. Em agosto de 2015, em sorteio realizado na sede da CBF e também se referindo à Copa do Brasil, houve outra polêmica.

 

Isso porque a moça que retirava as bolinhas do globo já estava com uma delas nas mãos, para definir o adversário do Vasco no confronto das oitavas de final, e voltou atrás quando advertida pela plateia de que deveria “mexer direitinho”. O sorteado então foi o Flamengo e isso gerou protestos de ambas as torcidas.

 

Fonte: G1

Publicidade Áudio

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE